Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Iniciados testes para implantação de sincronização semafórica em São Luís

“Onda Verde” tem objetivo de dar fluidez ao tráfego, diminuindo a interrupção do fluxo de veículos nas vias.

Prefeitura de São Luís inicia testes para implantação de sincronização semafórica na capital (Foto: Fabrício Cunha)

A Prefeitura de São Luís informou que deu início aos testes de implantação do programa “Onda Verde” na capital. A ação, que faz referência à cor verde dos semáforos e à sincronia entre eles, está sendo executada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) com o objetivo de facilitar a fluidez do tráfego, diminuindo a interrupção do fluxo de veículos por meio da abertura sincronizada dos sinais ao longo das vias.

Inicialmente, o programa vai contemplar o Complexo Viário da Forquilha, alcançando toda a extensão da Avenida Guajajaras, até o cruzamento com a Avenida dos Franceses. Em seguida, o novo sistema de sincronismo semafórico será implantado nos principais corredores viários de São Luís.

De acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Israel Pethros, com a implantação do sincronismo semafórico, haverá uma melhoria considerável quanto à retenção de veículos em pontos de maior fluxo da capital, principalmente nos horários de pico. “Após as configurações necessárias dos equipamentos, os semáforos passarão a funcionar de forma sincronizada, a fim de evitar as desconfortáveis sequências de paradas ao longo da mesma via”, diz o secretário.

SINCRONISMO

E para que o projeto seja colocado em prática, a SMTT iniciou as configurações e instalações dos equipamentos que tornarão possível o sincronismo. Primeiramente, foi observado nas vias o volume de veículos e de pedestres que trafegam diariamente por esses locais. A informação também vai contribuir para que seja determinado o tempo necessário dos semáforos, permitindo, ainda, a passagem de quem necessita utilizar as vias públicas, sem atrapalhar a fluidez do trânsito.

Após os levantamentos importantes, a SMTT implantou na base do Centro de Controle de Operações (CCO) um servidor cuja principal função é fazer a comunicação entre os controladores semafóricos. Vale ressaltar que, o motorista precisa manter velocidade máxima estabelecida para vias arteriais, no caso da Guajajaras, que é de 60km, para que ele, efetivamente, encontre todos os próximos semáforos com o sinal na cor verde, não havendo desta maneira, necessidade de parar o veículo, destaca a Prefeitura de São Luís.

A partir da implantação, todo ajuste ou reparo necessário será realizado de maneira automática, direto do CCO da SMTT, por meio de um servidor instalado da sede do órgão. Ou seja, em caso de led queimado ou falha na rede, o Centro será imediatamente informado pelo controlador inteligente, dando celeridade à manutenção, conforme informações da gestão municipal, que completou: “Em caso de falta de energia em determinada área, por exemplo, o sincronismo semafórico não será afetado, nem o trânsito prejudicado, visto que não haverá perda de planos programados de abertura de semáforos”.

Como parte das ações de melhorias na área do trânsito em São Luís, a Prefeitura informou que foram implantados novos equipamentos semafóricos em alguns cruzamentos viários da cidade, tais como no Barramar, Bambuzal, Bagatela (antiga Maçã Verde) e na Rua do Aririzal. Os trabalhos consistem na implantação de poste, porta foco veicular e outro para passagem de pedestres.

Carregando