Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Barreiras sanitárias em São Luís e Imperatriz reforçam combate à Covid-19

Na triagem, é aferida a temperatura de todos os passageiros e aplicdo um questionário para saber se apresentam algum sintoma gripal.

Barreiras sanitárias estão sendo realizadas em São Luís e Imperatriz (Foto: Divulgação)

Com a intenção de reforçar as ações de combate à Covid-19 no Maranhão, o Governo está realizando a triagem de casos suspeitos da doença que chegam ao estado.  Através de barreiras sanitárias, o poder público estadual está avaliando passageiros que desembarcam nas portas de entrada de São Luís e Imperatriz.

Em Imperatriz, a triagem está sendo realizada no aeroporto desde a última segunda-feira (28). Passageiros de todos os voos que chegam ao aeroporto passam pela inspeção sanitária que já atendeu 1.117 pessoas de nove voos. Já em São Luís, as barreiras foram montadas desde a última quarta-feira (30) no Aeroporto Marechal Cunha Machado, no Terminal de Ferry Boat e no Terminal Rodoviário de São Luís.

Na triagem, é aferida a temperatura de todos os passageiros que desembarcam, também é realizada a aplicação de um questionário para saber se apresentam algum sintoma de síndrome gripal. Os casos considerados suspeitos realizam na mesma hora o teste rápido.

“Todos os testes realizados até agora apresentaram resultado negativo para a Covid-19. No caso de pacientes sintomáticos, eles são encaminhados para a realização de testes ou para um ambulatório especializado que vai verificar a situação posterior dele. Se algum passageiro testar positivo, ele será regulado para uma das unidades de saúde da nossa rede onde receberá a assistência médica adequada aos seus sintomas”, destaca o secretário adjunto de Assistência à Saúde da SES (SAAS/SES), Carlos Vinícius.

Em São Luís, os ambulatórios especializados de Covid-19 ficam no Hospital de Cuidados Intensivos (HCI) e no Hospital Dr. Genésio Rêgo. Já em Imperatriz, os ambulatórios especializados funcionam no Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto e na UPA da cidade.

As barreiras estão sendo realizadas por técnicos da Vigilância Sanitária e profissionais de saúde com o objetivo de evitar o aumento do número de casos do novo coronavírus no estado.

Carregando