Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Os 15 livros recomendados por empreendedores para 2021

Para quem quer dar um guinada na carreira e nos negócios em 2021, executivos e empreendedores do Brasil contam que livros os inspiraram

Foto: Reprodução

Está procurando por recomendações de leitura para ajudar na sua carreira em 2021? No final do ano, é muito comum que personalidades estrangeiras, como Bill Gates e Barack Obama, façam suas listas de leituras recomendadas do ano.

Confira a lista de leituras recomendadas para 2021 com comentários:

Lugar de fala, de Djamila Ribeiro
Recomendado por Adriana Aroulho, CEO da SAP Brasil

“Ao jogar luz sobre desigualdades e fazer uma análise histórica sobre o movimento feminista negro, o livro ‘Lugar de Fala’ permite-nos compreender melhor o atual contexto social brasileiro na visão de sua autora, Djamila Ribeiro, e outros autores, especialmente mulheres negras. É uma obra de referência”.

Strengths Based Leadership, de Tom Rath e Barry Conchie
Recomendado por Fabio Coelho, CEO do Google

“Strengths Based Leadership foi o livro mais importante que eu li sobre liderança, e o fiz quando assumi a presidência de um dos negócios da AT&T nos Estados Unidos no final de 2004. Fiquei nessa posição por 5 anos, antes de voltar ao Brasil em 2009 e entendi na pele o sentimento e a necessidade de valorizar as diferenças e criar o melhor ambiente possível, celebrando a diversidade de raça, gênero, origem e mesmo de estilos e pontos de vista. Mais ainda que, no fundo, as pessoas têm maior disposição em seguir líderes que conseguem contemplar esses 4 pilares no seu estilo e cotidiano: Confiança, Esperança, Estabilidade e Compaixão”.

Torto Arado, de Itamar Vieira Júnior
Recomendado por Cláudio Anjos, presidente da Fundação Iochpe, dos programas Formare e Arte na Escola

“Um relato fundamental para a compreensão do Brasil profundo e das relações sociais construídas após décadas de escravidão e patriarcalismo. É leitura obrigatória para entendermos sobre o abuso nas relações trabalhistas, assédio moral, conhecer a voz de lideranças feministas, combater o racismo e incluir de vez a diversidade na agenda corporativa. Vencedor dos prêmios Leya 2018, Jabuti 2020 e Oceanos 2020.”

Em Busca de Sentido, do Viktor Frankl
Recomendado por Rafaela Bassetti, fundadora e CEO Wishe

“Sobre o livro e refletindo um pouco sobre 2020 e 2021, eu acho que 2020 foi um ano em que a gente navegou em meio ao caos e a incerteza e, de certa forma, esses já são dois componentes muito comuns a empreender e a ter uma startup. É pilotar no meio de incertezas e criar produtos para incertezas. O empreendedorismo é um terreno muito instável e acho que, no meio disso, o que nos mantém de fato conectados, trabalhando, produzindo e focados é a nossa causa e o nosso propósito. O livro fala muito sobre isso, fala muito sobre imaginar e se conectar com o que faz sentido pra você, com o seu propósito e manter sua mente produtiva e positiva a partir disso. Esse livro, apesar de não ser de negócios e de ser um dos livros mais famosos do mundo, é um livro super antigo, um livro que eu reli este ano, que me tocou muito e que mudou a minha forma de produzir no meio de tudo que estávamos vivendo e que tem norteado o meu 2021. Acho que 2020 mostrou que não adianta a gente fazer muitos planos para o ano novo, então eu começo 2021 com muito menos planos, mas muito mais pé no chão pra trabalhar todos os dias, visionando o futuro e esse propósito que eu tenho”.

O jogo infinito, de Simon Sinek
Recomendado por Dani Junco, fundadora e CEO da B2Mamy

“Um livro de liderança para líderes que precisam lidar com momentos incertos. A grande chamada do livro é um convite a não ser estável e se preparar para jogar um jogo onde você não escolhe as regras, mas consegue escolher como jogar. E tudo passa por uma poderosa causa justa que é sempre infinita”.

Os Axiomas de Zurique, de Max Gunther
Recomendado por Camila Farani, investidora, presidente da G2 Capital e jurada do Shark Tank Brasil

“O livro traz diversas dicas para o leitor a respeito de investimentos em várias frentes, de ações a imóveis, de commodities a moedas estrangeiras. Li no início da minha vida como investidora e continua sendo um clássico. O livro é composto por regras e dicas usadas por um grupo de banqueiros suíços que iniciaram no mundo dos investimentos após a Segunda Guerra Mundial. Ensinamentos atemporais”.

Guns, Germs, and Steel (Armas, Germes e Aço – Os Destinos das Sociedades Humanas), de Jared Diamond
Recomendado por Emilio Munaro, vice-presidente do Instituto Ayrton Senna

“Sou um apaixonado por sociologia e antropologia. Inclusive, visito de 3 à 5 novos países todos os anos, tendo estado, presencialmente, em 111 países no mundo; portanto, ler esta obra me trouxe uma visão ampla e holística quanto ao comportamento das sociedades humanas dependendo dos desafios aos quais elas são submetidas. Aliás, ele traz a necessidade de consenso diante de uma crise para que a mesma possa ser enfrentada. Traz, também, a necessidade de se aceitar o enfrentamento do problema de forma racional, listando frentes e ações propostas, além, de claro, aprender com exemplos internacionais, de outros países como um todo”.

Churchill: Caminhando com o destino, de Andrew Roberts
Recomendado por Emilio Munaro, vice-presidente do Instituto Ayrton Senna

“Apaixonante. Entender como um gênio pensava diante das situações mais idiossincráticas nas quais podemos vê-lo mergulhado nelas, principalmente decisões relativas a decisões que mudariam a história do mundo se ele não a fizesse de forma tão assertiva!”

Rápido e devagar, de Daniel Kahneman
Recomendado por Livia Brando, Country Manager na Wayra Brasil

“O livro traz um ótimo conhecimento para líderes e empreendedoras que fazem negociações no seu dia-a-dia”, aconselha Lívia Brando, country manager da Wayra Brasil.

Transformação Radical, de Pedro Waengertner, Sulivan Santiago e Victor Navarrete
Recomendado por Nara Iachan, cofundadora da Cuponeria

“[O livro] foi uma surpresa boa agora do fim de 2020. Considero ele essencial para empreendedores por ensinar muito sobre o processo de inovação e a criação de um modelo de gestão que estimule a mesma. Recomendo muito”.

A Regra é Não Ter Regras: A Netflix e a Cultura da Reinvenção, de Reed Hastings e Erin Meyer
Recomendado por Nara Iachan, cofundadora da Cuponeria

“Escrito pelo CEO da Netflix e contando muito sobre a cultura da empresa, esse livro nos trouxe conhecimentos e ideias para aplicar na Cuponeria”.

The Amazon Management System, de Ram Charam
Recomendado por Tatiana Pimenta, CEO da Vittude

“Estou terminando de ler The Amazon Management System, com certeza um dos livros que mais me fez refletir sobre negócios e cultura corporativa esse ano. Ele aborda os 6 fundamentos que levaram a Amazon a ser a maior empresa do mundo hoje. Um dos fundamentos que impressiona bastante é sobre o foco em ter um processo rigoroso de recrutamento e seleção, onde inclusive existe a figura do ‘bar raiser’ ou levantador de barra. O livro aborda a importância de a organização sempre manter um nível de exigência alto para seus talentos e uma frase que me marcou foi: nada supera a pessoa errada. Já tive experiências muito ruins contratando muito rápido, deixando de checar referências em experiências passadas e mesmo não fazendo as perguntas certas nos processos seletivos. Com isso, em alguns momentos acabamos trazendo para dentro da organização pessoas desalinhadas com a cultura da empresa e mesmo com baixo comprometimento com entregas. Outros dois pontos que me chamaram a atenção na leitura foi o sistema de métricas ‘real time’ geradas por inteligência artificial, que garantem tomada de decisão rápida e o desejo do Jeff Bezos por manter e evoluir uma máquina de invenções inovadoras. Apesar de notarmos situações dicotômicas quando pensamos em cultura, em especial a da Amazon, a leitura de fato promoveu muitas reflexões importantes para minha posição atual, como CEO da Vittude”.

Radical Candor, de Kim Scott
Recomendado por Tatiana Pimenta, CEO da Vittude

“O livro traz discussões interessantes sobre a criação de uma cultura de comunicação aberta, feedbacks e franqueza. O autor fala que criar um ambiente de confiança não é fácil, mas que para conseguirmos desenvolver pessoas é importante se importar genuinamente com as pessoas (care personally) e também desafiá-las diretamente (challenge directly). Leitura recomendada para todos que queiram construir uma cultura de feedback e de franqueza”.

Minha história, de Michelle Obama
Recomendado por Tatiana Pimenta, CEO da Vittude

“Provavelmente o melhor livro que li em 2020, e olha que eu li muitos esse ano. A biografia da Michelle Obama me fez refletir muito sobre escolhas, resiliência, dedicação e a importância de acreditarmos em nossos sonhos, manter nossos valores pessoais e não desistir”.

Blitzcaling, de Reid Hoffman
Recomendado por Tatiana Pimenta, CEO da Vittude

“O termo blitzcaling teve como origem o termo blitz, usado a primeira vez na segunda guerra mundial para nomear uma estratégia relâmpago. No ambiente de startups, o termo se refere a um conjunto de técnicas e estratégias que levam empresas a um crescimento rápido e exponencial. As 3 principais técnicas de blitzcaling são inovação no modelo de negócios, inovação estratégica e a gestão da inovação. Muito bom para quem está à frente de startups e empresas de alto crescimento”.

Carregando