Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Condutor que atropelou mulher na cidade de Raposa deve ser indiciado por homicídio culposo

Condutor do carro já foi identificado, mas ainda não se apresentou.

A vítima ainda foi atendida por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu (Foto: Divulgação)

O delegado Marcone Caldas, da Delegacia Especial de Raposa, responsável pelo caso de uma mulher que morreu após ser atropelada enquanto realizava caminhada no Residencial Pirâmide, informou que o condutor do carro já foi identificado, mas ainda não se apresentou. Conforme o delegado, ele deverá ser indiciado pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Elizangela Fernandes da Silva, de 46 anos, morreu após ser atropelada por um carro no Residencial Pirâmide, na cidade de Raposa. A vítima havia saído de casa para fazer uma caminhada.

De acordo com informações da Polícia Militar, o motorista do Ecosport estava na rodovia MA-203 e no momento que seguia para a Avenida 1, na Pirâmide, ao desviar de outro carro, acabou atingindo a mulher.

O automóvel ainda bateu na frente de um estabelecimento comercial, onde parou com a vítima presa embaixo de um dos pneus traseiros. O motorista fugiu do local

Carregando