Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Semed planeja iniciar calendário letivo de 2021 no mês de março em São Luís

Secretaria está desenvolvendo um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que será utilizado por alunos e professores como ferramenta de apoio ao ensino remoto.

A vice-prefeita e secretária de Educação de São Luís, professora Esmênia Miranda (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) afirmou que tem intensificado os diálogos para encontrar soluções que possibilitem o início do ano letivo de 2021 no mês de março. A ideia é implantar o sistema remoto, por meio de nova plataforma educativa de ensino on-line e com calendário e currículo unificados para todas as escolas da rede de ensino em São Luís.

“Estamos em um momento em que a saúde dos nossos alunos, professores e servidores são a prioridade, no entanto, é possível seguir com o ensino de maneira remota trabalhando em equipe. O aluno receberá as aulas interativas para assistir em casa e os professores, participarão de formações para conhecer a nova plataforma que iremos utilizar, e receberão todo suporte da Semed para esse retorno às aulas. É uma estratégia para que possamos realizar um trabalho organizado e efetivo”, destacou a vice-prefeita e secretária de Educação de São Luís, professora Esmênia Miranda.

Para o retorno às aulas, a Semed está desenvolvendo um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que será utilizado por alunos e professores como ferramenta de apoio ao ensino remoto.

Pela plataforma, todos os estudantes e professores estarão integrados e terão acesso às aulas previamente gravadas com conteúdo unificado, alinhado ao currículo e mesmo calendário escolar.

“Queremos conectar toda a comunidade escolar, com equipamentos e uma mesma plataforma, para que a rede municipal de ensino fale a mesma linguagem”, explicou Denylson Serejo, coordenador do Centro de Tecnologia, Inovação e Formação Continuada da Semed.

Carregando