Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Três jovens são executados por membros de facção na zona rural de São Luís

O grupo acusava o trio de pertencer a uma organização rival à deles, mas vítimas não tinham registros de passagens pelo sistema penitenciário.

Entre as vítimas estavam dois irmãos, identificados como Denilson e Denis (Foto: Divulgação)

No fim da tarde de sexta-feira (15), três jovens foram executados a tiros por membros de uma facção criminosa. O triplo homicídio ocorreu na Avenida Principal, do bairro Andiroba, na zona rural de São Luís.

As vítimas, segundo a Polícia Civil, trabalhavam em uma fábrica de caixotes de madeira, quando vários faccionados invadiram o local pelos fundos, em posse de armas de fogo e facões.

Inicialmente, de acordo com o delegado Lúcio Rogério, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), as pessoas achavam que a ação se tratava apenas de um assalto. Na ocasião, todos foram rendidos, outros funcionários da empresa também foram feridos com panadas de facão e tiveram seus celulares subtraídos. Depois, conforme o delegado, os suspeitos separaram os três rapazes e começaram a atirar.

O grupo acusava o trio de pertencer a uma organização rival à deles. Nenhuma das vítimas tinha registro de passagens pelo sistema penitenciário, de acordo com a SHPP.

Franklin Oliveira Nascimento, de 21 anos; e Denilson Gomes da Silva, 20, foram alvejados com um tiro na cabeça, cada. Ambos morreram na hora. Já Denis Filho Gomes da Silva, 19, baleado também na cabeça, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento de Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, mas não resistiu aos ferimentos. Ele e Denilson são irmãos.

O delegado Lúcio destacou que equipes da SHPP seguem trabalhando para determinar a autoria, localizar e prender os autores do crime.

Carregando