Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Citroën vai lançar rival do Renault Kwid produzido no Brasil no segundo semestre

Além dele, um crossover inédito será lançado no ano que vem para substituir o Aircross.

Novo modelo será lançado no segundo semestre deste ano (Foto: Divulgação)

A Stellantis fez o primeiro anúncio nacional de lançamento desde que a aliança formada entre FCA e PSA foi formada. Segundo a empresa, um novo modelo será lançado no segundo semestre deste ano. Eles ainda não adiantaram qual será o carro, mas Autoesporte antecipou com exclusividade que é um concorrente da Citroën para o Renault Kwid e Fiat Mobi. O preço será mais elevado, porém não perderá de vista o segmento mais de entrada dos hatches.

A data de lançamento era prevista originalmente para agosto de 2021. De acordo com o que sabemos, o novo compacto será uma opção mais acessível do que o C3. Tudo dentro da nova estratégia de divisão de mercado da antiga PSA. Segundo ela, a Citroën ficará com os carros mais baratos. Por sua vez, a Peugeot investirá apenas nos segmentos mais caros.

Falando em C3, o carro que ilustra a matéria é a nova geração francesa. O estilo do carro nacional se aproximará dele em alguns pontos. Porém, de acordo com o que podemos ver no primeiro flagra, o novo Citroën será simplificado em muita coisa. As portas não terão vidrinhos espia colados na coluna A, tampouco retrovisores presos em hastes. E as maçanetas não são alças de puxar.

A fabricação será em Porto Real, unidade que completou 20 anos de instalação hoje. Foram investidos cerca de R$ 220 milhões para a adaptação da nova plataforma modular CMP, a mesma que equipa o novo Peugeot 208 e outros modelos da PSA.

Vale lembrar que o comunicado fala que o PRIMEIRO modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre. Autoesporte também já confirmou qual será o segundo carro: um crossover para ocupar o lugar do C3 Aircross.

Enquanto o compacto é chamado de SC21, o segundo carro é conhecido por fornecedores e fontes do projeto como SC24. Ele terá uma versão um pouco maior da mesma base modular. Além disso, os motores serão os mesmos: um 1.2 aspirado e um 1.2 turbo – ele cairia perfeitamente no Peugeot 208.

Carregando