Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

11 motoristas são autuados por dirigir sob efeito de álcool na Grande São Luís

Um condutor foi preso por fugir da barreira estando embriagado.

Barreira de fiscalização da Operação Lei Seca (Foto: Divulgação)

Durante blitzen realizadas no último fim de semana, nas avenidas dos Holandeses e Atlântica, no Araçagi, na Grande São Luís foram abordados 316 veículos e realizados 286 testes do etilômetro, com 30 motoristas autuados por recusa ao teste do etilômetro e 11 por dirigir após ingestão de bebida alcoólica.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), um dos objetivos da fiscalização é retirar condutores embriagados do trânsito e diminuir o número de acidentes na malha viária. No último fim de semana, a Operação Lei Seca conseguiu retirar das ruas e avenidas 45 condutores que representavam risco no trânsito, destes quatro foram conduzidos a uma delegacia por crime de embriaguez. A ação foi realizadaem parceria com o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRV).

O chefe do Setor de Estatística do Detran-MA, Pabyo Mendes, que coordenou a blitz, afirmou que, durante a operação de domingo (31), um condutor foi preso por fugir da barreira estando embriagado. “Depois que os policiais conseguiram fazer a abordagem, foi constatado que o motorista estava com a habilitação cassada, em razão de um alto número de infrações cometidas. Em 2019, ele já havia sido preso por se envolver em um acidente de trânsito por embriaguez”, explicou.

Segundo o coordenador, ele foi preso e autuado pelos artigos 306 e 309 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que correspondem ao crime de embriaguez ao volante e por dirigir veículo com habilitação cassada.

Pabyo Mendes ressalta que a Operação Lei Seca contribui para a segurança da sociedade. “Casos como este mostram que a blitz tem eficácia na luta pela diminuição de acidentes e mortes no trânsito. Se ele não fosse abordado, a probabilidade de acontecer um acidente seria enorme”, ressaltou.

 

Carregando