Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Identificados suspeitos de participação na morte do tenente-coronel em São Luís

Delegado do caso informou que já foram solicitados os mandados de prisão dos indivíduos ao Poder Judiciário.

Tenente Ronilson foi assassinado em uma tentativa de assalto na porta da sua residência (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil informou já ter identificado dois suspeitos de participação no latrocínio (roubo que resulta em morte) do tenente-coronel da Polícia Militar Ronilson Gomes Pinto, de 47 anos, ocorrido no Residencial Pinheiros, em São Luís, no fim da tarde da última quinta-feira, 28 de janeiro.

O delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), responsável pelas investigações do caso, informou que já foram solicitados os mandados de prisão da dupla ao Poder Judiciário. Ambos seriam integrantes de uma facção criminosa.

Em conversa com o Jornal Pequeno, o delegado voltou a descartar o envolvimento de três homens que foram presos por policiais militares e civis no dia seguinte ao crime. O trio, segundo ele, ficou preso, mas por um roubo cometido em um Sucatão na Avenida dos Africanos.

MAIS SOBRE O CRIME

Ronilson Gomes Pinto foi assassinado após reagir a uma tentativa de assalto na porta de sua casa, localizada na Rua Três, do Residencial Pinheiros. A perícia apontou que ele foi atingido com pelo menos seis tiros.

Os suspeitos chegaram em um Peugeot cinza, abandonaram o carro e fugiram a pé levando a pistola da vítima. Pouco antes do latrocínio, eles já tinham feito um assalto no bairro do Maiobão, segundo a polícia.

Carregando