Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Município de São Luís avalia reabrir leitos para pacientes com Covid-19

Entre os hospitais que poderão oferecer atendimento para pessoas com o novo coronavírus está a Santa de Casa de Misericórdia.

A Santa Casa de Misericórdia é um dos hospitais que podem passar a atender pacientes infectados pelo novo coronavírus, em São Luís (Foto: Francisco Silva)

Diante da alta de internações de pacientes com Covid-19, hospitais da rede municipal de São Luís ainda estariam planejando possíveis reservas de espaços para ampliação na oferta de leitos para tratamento de infectados pelo novo coronavírus.

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (SES), até domingo (7), na Grande Ilha, havia 26 leitos livres de UTI exclusivos para o coronavírus, a taxa de ocupação era de 79,37%. Leitos de enfermaria, 63; taxa de ocupação 65,95%.

De acordo com a Prefeitura, a princípio, seriam mobilizadas unidades da rede própria e de locais conveniados, como a Santa Casa de Misericórdia.

A Prefeitura informou que há, ainda, a possibilidade de tornar a Unidade Mista do Bequimão referência em atendimento à Covid-19 em São Luís.

Em relação a quantos leitos a rede pública municipal tem atualmente disponíveis para pacientes com coronavírus, ao Jornal Pequeno, a Prefeitura somente respondeu que “a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) deve apresentar, ainda este mês, a atualização do Plano de Contingência”.

Leia os demais questionamentos feitos por este jornal ao Município e as respostas da Prefeitura.

JP- Quais medidas de contenção na rede pública municipal a Prefeitura de São Luís está determinando, a fim de que se evite novo lockdown?

Prefeitura – Estamos trabalhando no reforço das ações de prevenção, com a campanha de vacinação, o controle sanitário, atividades diárias de limpeza dos coletivos, nos terminais de integração, na lavagem de mercados e feiras, no gerenciamento da frota de transporte público em horários de pico, além do trabalho de conscientização do uso de máscaras e álcool em gel, lavagem das mãos e, também, com fiscalizações para evitar aglomerações em toda a cidade.

Foi também suspenso o ponto facultativo do carnaval em São Luís. Os órgãos públicos municipais funcionarão normalmente durante o período.

JP – Quais são as medidas de prevenção?

Prefeitura – A Prefeitura “irá” reforçar a fiscalização do cumprimento das medidas sanitárias, conforme preconiza o Ministério da Saúde.

JP – No transporte público, está havendo fiscalização de ônibus lotados, e o uso de máscara nas dependências do coletivo?

Prefeitura – A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) vem intensificando as ações de combate à Covid-19 voltadas para o transporte público da capital, com efetiva fiscalização do cumprimento das normas sanitárias vigentes tanto pelos usuários, quanto pelas concessionárias.

O órgão mantém as medidas já adotadas desde o início da pandemia como, por exemplo, a constante higienização dos coletivos entre as viagens e nas garagens, a limpeza de toda a área interna dos Terminais de Integração. Os coletivos também continuam circulando com as janelas abertas e os veículos climatizados rodando com o arcondicionado desligado.

JP – O Município está fiscalizando locais públicos, a fim de evitar aglomerações?

Prefeitura – A Semus fiscaliza, periodicamente, estabelecimentos comerciais e realiza fiscalizações conjuntas com outros órgãos para orientar os locais públicos quanto ao uso de máscaras.

JP – O Município tem realizado testagens? Caso sim, em que circunstâncias?

Prefeitura – A Semus realiza, desde o início da pandemia, testagens para diagnóstico da doença, no Laboratório Central do Município, situado na Rua 23 de novembro, nº 89, Edifício Alphad, bairro Camboa. O local funciona de 8h às 17h, de segunda à sexta-feira.

JP – Só estão sendo testados mortos e doentes graves?

Prefeitura – Não há classificação de público para a realização dos testes. O serviço é oferecido conforme orientação e encaminhamento médico.

JP – Como é feito o teste?

Prefeitura – É colhida uma amostra de sangue e depois é informado ao (a) usuário (a) sobre o dia e horário para recebimento do resultado.

JP – Quantas unidades de saúde fazem o teste? Por favor, cite o nome da unidade de saúde.

Prefeitura – O Município realiza os testes no Laboratório Central (Lacen).

JP – Há falta de testes, em São Luís?

Prefeitura – São Luís possui estoque de testes, até o momento, e mantém permanente contato com o Ministério da Saúde para o envio de novos lotes.

JP – Houve recentemente compra de novos testes? Qual foi a última vez que Município comprou testes?

Prefeitura – Houve, sim, a aquisição de novos testes recente, a cargo do Estado.

JP – Como está a situação da contaminação de profissionais de saúde?

Prefeitura – O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) tem monitorado periodicamente a situação dos profissionais de saúde.

JP – Como está a questão dos EPIs? Todas as unidades de saúde de São Luís têm?

Prefeitura – Todas as unidades, até o momento, possuem estoque de EPIs suficientes para o atendimento da demanda.

Carregando