Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Em reunião com ministro da Saúde, governador Flávio Dino discute calendário de vacinação

De acordo com Pazuello, até 31 de julho o Ministério da Saúde irá distribuir 230 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

Governador Flávio Dino ressaltou a importância da pluralidade de fornecedores e apresentação do calendário (Foto: Divulgação)

O governador Flávio Dino participou, na tarde dessa quarta-feira (17), de reunião virtual com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e os demais governadores do país para tratar sobre o Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19.

Durante a reunião, o ministro Pazuello apresentou um cronograma de entregas e de quantidades de vacinas a serem distribuídas pelo Ministério da Saúde.

De acordo com Pazuello, até 31 de julho o Ministério da Saúde irá distribuir 230 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para os estados. O Instituto Butantan (Sinovac), Fiocruz (AstraZeneca), União Química (Sputnik) e Precisa (Bharat Biotech) serão os fornecedores.

Para a próxima semana, é esperada a liberação de novas doses produzidas pelo Instituto Butantan. O quantitativo, no entanto, não foi ainda informado.

Para o governador Flávio Dino, a apresentação do calendário e a pluralidade de fornecedores é um passo importante na luta contra a coronavírus e pela retomada da economia.

“Nós temos agora uma referência concreta, de cobrança, quanto à execução das próximas etapas do Plano Nacional de Imunização. O Brasil é muito grande, e não pode ficar na mão de apenas um ou dois fornecedores de vacinas. Executando o que foi pactuado na reunião, temos um rumo melhor para a execução da vacinação, que é aquilo que o Brasil precisa para garantir saúde e a retomada da economia”, afirmou o governador Flávio Dino.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, para o segundo semestre é esperado um quinto fornecedor: o laboratório Moderna, dos Estados Unidos, que entraria no PNI com 30 milhões de doses.

Carregando