Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Membros de facção matam suspeito de importunação sexual no João Paulo, em São Luís

Vítima possuía registro na Polícia Civil pela prática do mesmo crime.

(Foto: Ilustração)

Na noite de segunda-feira (22), membros de uma facção criminosa assassinaram um homem, no bairro do João Paulo, em São Luís. A vítima foi identificada como Marcone Castro Moraes, residente no Coroadinho, que estaria importunando sexualmente meninas e mulheres na região onde ocorreu o crime.

Segundo as primeiras informações repassadas por testemunhas à polícia, no período da manhã, Marcone Moraes teria passado a mão nas partes íntimas de uma menina que brincava em uma rua do Barés – próximo ao Shopping do João Paulo, durante a chuva. Após esse fato, ainda conforme populares, ele foi logo agredido por um grupo de pessoas que presenciaram a situação.

Marcone teria permanecido pela região, importunando outra jovem. Já no período da noite, ele se dirigiu para a Rua São Sebastião, no bairro do Coroado, onde teria assediado uma mulher casada, propondo que ela mantivesse relações sexuais com ele.

Na sequência, um grupo de homens, que seriam membros de uma facção criminosa, o teriam perseguido, armados com pedaços de pau, até um beco próximo à rua da feira do João Paulo, onde a vítima foi agredida e morta a tiros.

A suspeita é que Marcone tenha sido punido pelos faccionados, devido aos atos praticados por ele contra as meninas e a mulher. No momento do crime, a vítima estava com o braço quebrado. Ele já tinha um registro na Polícia Civil, justamente, pelo crime de importunação sexual.

Após matarem Marcone, os suspeitos fugiram e ainda não foram identificados nem presos. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, por meio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Carregando