Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cães podem comer frutas? Especialista indica como petisco

Antes de escolher quais frutas podem oferecer para os pets, é necessário o animal passar por um veterinário

Antes de escolher quais frutas podem oferecer para os pets, é necessário o animal passar por um veterinário, explica a médica veterinária do PetMania Rayule Cristina (Foto: Divulgação)

São vários os benefícios das frutas para humanos, fonte de vitaminas, nutrientes e opção saudável de lanche. Mas será que os pets podem comer esses alimentos? Algumas frutas podem fazer muito bem para os cães, no entanto, é preciso ter cuidado porque algumas podem fazer mal para eles.

A sugestão é oferecer as frutas como petiscos entre as refeições. “As frutas geram benefícios, tais como:  aprimorar a digestibilidade e melhorar a qualidade das fezes. Mas é preciso ter equilíbrio e jamais substituí-las pela alimentação, pois são animais carnívoros”, explica a médica  veterinária Rayule  Cristina.

Antes de escolher quais frutas podem oferecer para os pets, é necessário o animal passar por um veterinário para essa avaliação, frutas contêm calorias e, quando são frequentes na dieta dos cães, podem fazer com que ganhem peso. “Se a vontade do dono é dar frutas aos cães essa oferta não pode exceder 10% da necessidade calórica diária do animal”, completa a médica  veterinária.

O tutor deve ter em mente quais as frutas que podem ser servidas ao pet e a quantidade indicada. Para dar uma ajudinha separamos cinco opções de frutas que vão ajudar na alimentação do seu peludo.

 Confira:

Banana

Uma das frutas que cachorros podem comer e que está na lista de favoritas das crianças, é a banana sendo  uma boa fonte de vitamina A e de vitaminas do complexo B, assim como de minerais importantes para o organismo do pet, como cálcio, ferro, magnésio e potássio. Por ser rica em frutose e em calorias, deve ser oferecida com muita moderação, a fim de evitar obesidade e diabetes.

Melancia

Assim como o melão, a melancia é muito rica em água, o que é ótimo para refrescar o pet em dias quentes. O aumento da ingestão hídrica também é bom para prevenir problemas no sistema renal. Não bastasse isso, a fruta também é rica em vitamina A. Nesse caso, sirva sem casca e sementes.

Maçã

A maçã, assim como a pêra, pode ser oferecida para os cães, mas eles não devem nunca ingerir a semente dessas frutas. A semente da maçã e da pêra produzem cianeto quando mastigadas/ “maceradas” e, por isso, são tóxicas. A maçã pode ser oferecida com ou sem casca, em pedaços ou raspada (como comumente fazemos com crianças pequenas). A maçã é, ainda, ótima para quadros de diarreia, pois uma substância contida nela, a pectina, tem ação prebiótica, ou seja, atua beneficamente na microbiota intestinal.

Manga

Uma verdadeira fonte de fibras! Nesses casos é preciso não permitir que tenham contato com o caroço e nem com a casca, pois é perigoso que engasguem.

Caqui

Docinho e saboroso, o caqui é rico em vitamina C. Em se tratando de cães, isso não é lá uma grande vantagem: ao contrário dos seres humanos, os cães conseguem sintetizar a substância. Ou seja, não é necessário obtê-la a partir da alimentação.

A fruta é rica em fibras e não faz mal para os cães. Só fique atento para remover todos os caroços e seja comedido nas quantidades. O excesso de açúcar aumenta o risco de obesidade e diabetes.

Carregando