Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cheia de lagoa ameaça alagar casas de Pequiá de Baixo, em Açailândia

Moradores interditaram a BR-222 como forma de chamar a atenção das autoridades para o problema.

Moradores de Pequiá de Baixo temem que lagoa transborde e alague suas casas (Foto: Divulgação)

As chuvas que ocorreram em Açailândia aumentaram o volume de água em uma lagoa, que fica embaixo da ponte da ferrovia Carajás, na BR-222, no bairro Pequiá de Baixo. A cheia da lagoa ameaça alagar residências próximas.

Na manhã dessa segunda-feira (1º), a população resolveu interromper o trânsito no local, como forma de chamar a atenção das autoridades. Ainda na manhã, estiveram na área interditada o Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Era esperada a visita de engenheiros capazes de analisar a possibilidade de um corte na rodovia, de forma que a água que está se acumulando na lagoa possa escoar.

Em 2020, a BR-222, em Pequiá de Baixo, foi cortada pela água, após forte chuva. Na época, a PRF interditou o trecho, local chamado de “Rio do 40”. O curso d’água estava passando por cima da rodovia antes de ela se abrir.

A interdição ocorreu nos dois sentidos da rodovia. Foi um corte de aproximadamente 100 metros de extensão, com cinco metros de altura.

“Estamos preocupados, queremos que seja evitada outra tragédia. Pode ser que a rodovia resista, mas já há infiltrações nela, e a pressão da água é forte. Nunca fizeram uma ponte, nem colocaram bueiro, e a obra do ano passado foi malfeita, apenas jogaram pedras”, informou um morador de Pequiá de Baixo, ao Jornal Pequeno.

Carregando