Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Tenente do Corpo de Bombeiros morre em São Luís por complicações da Covid-19

Nonato Cunha passou três semanas internado na UTI, após um diagnóstico tardio que complicou o seu quadro de saúde.

Tenente Raimundo Nonato Cunha morreu por complicações da Covid-19 (Foto: Divulgação)

O tenente do Corpo de Bombeiros do Maranhão, Raimundo Nonato Cunha Cutrim, de 44 anos, morreu nesta segunda-feira, 1º, em São Luís, por complicações em decorrência da Covid-19.

Nonato Cunha passou três semanas internado na UTI do hospital São Domingos, após um diagnóstico tardio que complicou o seu quadro de saúde. Ele só foi internado depois de sete dias que apresentou os primeiros sintomas, de acordo com pessoas próximas ao tenente.

Além de Bombeiro Militar, Raimundo Nonato Cunha Cutrim era psicólogo e líder de uma Igreja com mais de 1.500 membros no bairro São Bernardo em São Luís, a Batista Novo Alvorecer.

Nonato Cunha deixa a esposa e duas filhas. Sem velório, o corpo saiu do hospital em carro do Corpo de Bombeiros, passou pela Cohab em direção ao bairro São Bernardo onde fica a igreja. Lá, fez uma breve parada e seguiu em direção ao cemitério Jardim da Paz, onde foi sepultado.

Carregando