Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Restrições contra Covid-19 são ampliadas em Imperatriz

A validade será até 5 de abril

Estabelecimentos terão que obedecer lotação máxima de até 40% de suas capacidades, exceto farmácias e supermercados. Esses mesmos 40% se determinam para o limite da ocupação dos templos religiosos. (Foto: Edmara Silva)

O novo decreto de Imperatriz com mecanismos que restringem a circulação das pessoas, visando combater a disseminação da covid-19, sairá nesta quarta-feira 10, e terá validade até 5 de abril. Basicamente serão mantidas as limitações que vinham sendo impostas, com a diferença de que o comércio de uma forma geral, assim como bares, restaurantes, academias, parques aquáticos e shopping centers terão que obedecer lotação máxima de até 40% de suas capacidades, exceto farmácias e supermercados. Esses mesmos 40% se determinam para o limite da ocupação dos templos religiosos.

O secretário de Governo, Eduardo Soares, disse que a colaboração das pessoas, observada pela fiscalização diuturna que vem sendo executada por agentes da Prefeitura, com apoio da Polícia Militar, já faz com que o movimento seja consideravelmente menor nos últimos dez dias.

Ele observa que os bares e restaurantes já encerram suas atividades bem mais cedo, antes mesmo das 23h, por falta de fregueses. “São raras as constatações de estabelecimentos que ainda contrariam as normas vigentes, no centro ou nos bairros”, informou.

O comércio diurno, inclusive no Calçadão, registra diminuição de mais de 50% do movimento, em razão das medidas restritivas e do medo generalizado. “As pessoas, mesmo as que antes estavam mais desatentas, passam a perceber que o perigo é real. Já se vê a volta do desemprego em larga escala, casos de bares e restaurantes que já demitiram metade dos seus colaboradores. Isso nos preocupa muito, mas alguns ajustes ainda são necessários, e é o que faremos no novo decreto”, disse o secretário.

Eduardo Soares lembra que as pessoas devem se valer mais dos estabelecimentos que oferecem os formatos delivery e drive-thru. Ele lembra que o índice de contaminação já se desacelera, mas que os leitos hospitalares estão muito próximos da saturação, principalmente em razão da pressão dos outros municípios da região, que encaminham todos os seus pacientes graves para Imperatriz.

Carregando