Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cartão do Minha Casa Melhor permite compra de gás de cozinha

Os sorteios acontecem até o mês de agosto, com transmissão ao vivo

Foto: Reprodução

Um dos produtos essenciais que mais vêm sofrendo reajustes em nível nacional, o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), comumente conhecido como gás de cozinha, foi incluído no rol dos itens que poderão ser adquiridos pelos beneficiários do programa estadual Minha Casa Melhor, iniciativa do Governo do Maranhão que concede auxílio financeiro para que famílias de baixa renda comprem móveis, eletrodomésticos e utensílios domésticos.

De acordo com o governador Flávio Dino, apesar de o Maranhão aplicar uma das menores tarifas sobre o gás de cozinha do país, o produto vem sofrendo uma série de contínuos reajustes no plano nacional. Segundo o Sistema de Levantamento de Preços da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em estados como o Acre, Amapá e Mato Grosso, o preço médio do gás de cozinha está acima de R$ 100,00, enquanto no Maranhão o preço médio gira em torno de R$ 87,30.

“É uma novidade do programa. Nós sabemos que a política de preço nacional, federal, tem produzido um grande crescimento do preço em todo o Brasil, apesar do imposto do gás ser um dos menores do país, nós sabemos que essa questão nacional tem impactado no gás de cozinha e por isso este cartão também poderá ser usado, de modo que, estabelecimentos comerciais e também aqueles que revendem gás podem receber esse cartão, desde que se cadastrem”, detalhou o governador.

Como funciona o programa

Executado pela Secretaria de Estado de Governo (Segov), o programa Minha Casa Melhor vai conceder auxílio no valor de R$ 600 para que famílias de baixa renda dos 217 municípios maranhenses possam adquirir itens para o lar, como sofá, liquidificador, mesas, racks, roupa de cama, panelas e afins. Não é necessário cadastro. Para ter acesso ao benefício, a pessoa precisa apenas estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e automaticamente já está apta a ser sorteada.

Os contemplados receberão um cartão de débito que poderá ser utilizado apenas em lojas credenciadas no programa. Empresas, estabelecimentos comerciais e lojas de todas as regiões do Estado precisam se cadastrar no site minhacasamelhor.ma.gov.br.

Ao todo serão 26 sorteios semanais, realizados sempre aos sábados, contemplando a cada rodada centenas de famílias de diferentes regiões do Maranhão. A meta global do Minha Casa Melhor é que 45.500 mil famílias em situação de vulnerabilidade social de todos as cidades maranhenses sejam contempladas.

Os sorteios acontecem até o mês de agosto, com transmissão ao vivo pelo programa Daqui, da TV Mirante, e nas redes sociais do Governo do Maranhão.

A relação completa com os primeiros sorteados no programa está disponível no site oficial do Minha Casa Melhor e, para evitar aglomerações, os cartões dos contemplados na primeira fase estão sendo entregues por equipes de bombeiros civis, diretamente no domicílio dos beneficiários.

O programa estadual foi pensado para garantir duplo benefício, uma vez que o benefício vai ajudar famílias a melhorar as condições de habitacionais (dimensão social), além de movimentar as vendas das empresas locais cadastradas no programa (dimensão econômica).

Carregando