Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Guarda-vidas alertam banhistas sobre perigo de raios nas praias de São Luís

GMSL informou que está reforçando o patrulhamento nas praias do Olho d’Água e Ponta d’Areia.

Guarda-vidas alertam banhistas sobre perigo de raios nas praias de São Luís (Foto: Divulgação)

Neste período chuvoso é grande a incidência de raios, e por conta disso, os guarda-vidas da Guarda Municipal de São Luís (GMSL) estão orientando banhistas nas praias do Olho d’Água e também na Ponta d’Areia sobre as precauções que devem ser seguidas.

“Há vários estudos científicos que comprovam que, durante tempestades, o risco de um raio cair nas praias é grande, por ser uma área descampada. Não é recomendável ficar na praia quando está chovendo forte. Os nossos guarda-vidas estão reforçando as ações preventivas aos frequentadores das praias”, enfatizou o secretário de Segurança com Cidadania (Semusc) Marcos Affonso.

O subinspetor Antônio Carlos, gestor do Corpo de Guarda-Vidas da Guarda Municipal de São Luís, destaca que é sempre necessário prudência para os banhistas. “É importante que as pessoas fiquem atentas às nossas bandeiras vermelhas, que sinalizam trechos perigosos e as condições do mar. O ideal é que a água não ultrapasse a altura da cintura. Todos os cuidados devem ser tomados para que a diversão e o lazer não se transformem em tragédia”, pontuou.

 Patrulhamento nas praias intensificado

O Corpo de Guarda-Vidas da Guarda Municipal de São Luís (GMSL) informou que está reforçando o patrulhamento nas praias do Olho d’Água e Ponta d’Areia, ambas de competência do Município. As atividades, no Olho D’água, foram deslocadas para uma tenda móvel que está servindo de base provisória, por conta dos serviços de construção do posto de salvamento, que integra o projeto de prolongamento da Avenida Litorânea. A previsão é de que as obras terminem em 180 dias.

A reforma do posto do Olho D’água está sendo executada pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). Para que o trabalho de patrulhamento pudesse ter prosseguimento, os guarda-vidas estão contando com o apoio da Defesa Civil municipal e a parceria da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão. Na Ponta D’areia, há um posto-base para as ações do grupamento.

Os guarda-vidas frisaram que usam equipamentos como quadriciclos e flutuadores (também conhecidos como “salsichões”), além de torres de observação e do trabalho de ronda em toda extensão das duas praias.

Carregando