Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Vândalos furtam lâmpadas instaladas na rampa da Igreja de Nossa Senhora do Carmo em São Luís

As galerias de águas pluviais também estão com lixo que fica em frente ao templo religioso.

Vândalos violam suporte e cortam a fiação, para depois furtarem as lâmpadas instaladas na rampa da Igreja do Carmo (Foto: Gilson Ferreira)

Em 2020, a Prefeitura de São Luís restaurou o Largo do Carmo, que é a praça em frente à Igreja de Nossa Senhora do Carmo, localizada no centro de São Luís. A obra contou com a parceria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O processo de revitalização do local conta com lâmpadas instaladas na rampa da igreja, que serve para o acesso de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

Ocorre que, nos últimos 20 dias, as lâmpadas estão sendo furtadas, de duas em duas, segundo a administração do templo religioso. No local, é possível ver parafusos soltos e pedaços de fios elétricos cortados, que após o furto são deixados no local, e, inclusive, alguns pontos apresentam fiação exposta e danificada.

De acordo com o frei Luís Guidici, que administra a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, pouco a pouco as lâmpadas estão sendo furtadas. “É uma pena, pois são bonitas, a iluminação é nova, feita com tanto carinho, e somos felizes que a Prefeitura tenha realizadoo trabalho de revitalização da praça”, declarou Luís Guidici.

O frei informou que há, sim, uma câmera de monitoramento instalada na parte externa da igreja, porém ela está fixa em um ponto capaz de captar imagens a partir da porta do templo. Ou seja, não há captações de imagens da rampa, que é o local onde ocorrem os furtos das lâmpadas.

Guidici disse que ainda não teria procurado a Prefeitura de São Luís, pois a secretária administrativa da igreja é quem mantém relações com o órgão, e a mesma estaria de licença médica. O religioso revelou que os furtos ocorrem sempre pela noite.

“Primeiro foram duas lâmpadas. Depois, foram desmontadas mais duas estruturas, pois as lâmpadas ficam dentro de uma espécie de ‘capas’ parafusadas”, disse Luís Guidici, que afirmou ter esperança de que a Prefeitura faça a reposição das lâmpadas subtraídas da rampa.

LIXO NAS GALERIAS

Há no Largo do Carmo várias galerias para o escoamento de águas das chuvas. Ocorre que há quem circule pelo local e jogue lixo pelas brechas das grades das galerias, que se continuarem recebendo lixo podem ficar entupidas e causar alagamentos na região.

OUTRO LADO

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc) informou que reforçará o patrulhamento no Largo do Carmo e adjacências, por meio de rotas intercaladas da Guarda Municipal de São Luís, envolvendo os grupamentos de Apoio ao Turismo (GAT) e de Patrimônio e Operações (GPO), nas modalidades motorizada e a pé.

O órgão frisou, ainda, que não possui câmeras no trecho específico da Praça João Lisboa, sendo que as outras existentes no centro da cidade não possuem alcance para aquela região.

A Secretaria intensificará esse sistema de rondas na área central, para que danos ao patrimônio público e a prática de delitos sejam evitados.

Sobre a sujeira nas galerias, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) informou que o local foi incluído no cronograma das equipes de limpeza e desobstrução dos dispositivos de drenagem.

Em relação aos atos de vandalismo no local, equipes já fizeram o levantamento dos danos como a retirada das lâmpadas e tomarão as devidas providências para normalizar a situação em conjunto com o setor de Iluminação Pública da Semosp.

Carregando