Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Após denúncias, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil resgatam cão abandonado em São Luís

Deputado Duarte acompanhou a ação que resgatou o animal em um prédio no São Francisco.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil resgataram um cão abandonado dentro de um prédio, na Rua 2, no bairro São Francisco, em São Luís, após denúncia de moradores e da professora Thaís Viegas. O deputado Duarte (Republicanos) acompanhou a operação.

Cão foi abandonado dentro de um prédio no bairro São Francisco (Foto: Reprodução Redes Sociais)

O animal foi encontrado magro, infestado de carrapatos, sem acesso à água e comida em um ambiente sujo. Em seguida, o cachorro foi levado para o Hospital Veterinário Universitário da Uema, onde está recebendo o tratamento adequado.

Após o resgate, o deputado comentou sobre a situação de maus-tratos. “Abandonar um animal é crime. Ficarei como tutor do animal até que seja adotado e vamos buscar a punição ao responsável pelo crime”, afirmou o parlamentar.

Deputado Duarte com o cão resgatado (Foto: Reprodução Redes Sociais)

O autor do crime deve ser punido e responsabilizado, conforme previsto no art. 32, parágrafos 1º e 2º da Lei nº 9.605/98.

Acompanharam a ação o tenente Wellington Filgueiras, os soldados Vitor Inácio e Eliziane Tavares, o delegado Paulo Franco e os investigadores Arthur Sousa e Gustavo Porto.

O investigador da equipe da Seccional Sul da Polícia Civil Gustavo Porto deu mais detalhes sobre os próximos passos. “A Seccional já está acompanhando o andamento do caso para acionar o proprietário do prédio onde estava o animal, bem como o dono para responder pelo ocorrido”, informou.

Moradora da mesma rua onde ocorreu o resgate, a aposentada Maria da Soledade parabenizou a ação do deputado: “Ninguém faz isso com os animais, não. Eu achei uma maravilha ele ter feito isso”.

Já a dona de casa Clauria Viana, que é também vizinha, conta que antes o dono aparecia algumas vezes, mas ainda assim o cachorro latia e chorava muito. “Eu fiquei muito feliz por ele ser resgatado. Eu acredito que uma pessoa que goste realmente de animais possa adotá-lo”, disse.

Carregando