Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Poeta maranhense Carvalho Júnior morre aos 35 anos em decorrência de complicações da Covid-19

Membro da Academia Caxiense de Letras, Carvalho Júnior lutava contra a doença na UTI do Hospital Macrorregional de Caxias.

Poeta Carvalho Júnior faleceu aos 35 anos (Foto: Reprodução Redes Sociais)

A poesia maranhense está de luto com a morte do poeta caxiense Carvalho Júnior, mais uma vítima da Covid-19 no estado.

Membro da Academia Caxiense de Letras, professor e porta, Carvalho Júnior lutava contra a doença na UTI do Hospital Macrorregional de Caxias, onde passou mais de um mês internado, e foi a óbito nesta terça-feira, 30, aos 35 anos de idade.

Carvalho Júnior deixa esposa e duas filhas, além de muitos amigos entristecidos com seu precoce falecimento.

Por meio de nota, a Academia Caxiense de Letras se manifestou sobre a morte do seu membro:

É com profundo pesar que os Acadêmicos deste sodalício recebem a notícia do falecimento nesta data 30/03/2021 do Acadêmico FRANCISCO DE ASSIS CARVALHO DA SILVA JÚNIOR da Academia Caxiense de Letras, vítima de complicações com a Covid-19. Professor, gestor público e poeta. Vencedor do Troféu Nauro Machado no I Festival Maranhense de Conto e Poesia (UFMA, 2015).

Publicou os livros de poemas Mulheres de Carvalho (Café & Lápis, São Luís, 2011), A Rua do Sol e da Lua (Scortecci, São Paulo, 2013), Dança dos dísticos (Editora Patuá, São Paulo, 2014), No alto da ladeira de pedra (Editora Patuá, São Paulo, 2017) e O homem-tijubina & outras cipoadas entre as folhagens da malícia (Editora Patuá, São Paulo, 2019). Deixa uma lacuna em Caxias e no mundo cultural maranhense. Rogamos ao Pai Criador que o receba em seu reino celestial, ao mesmo tempo que nos solidarizamos com seus familiares, confrades e amigos.

Carregando