Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Bazar Solidário acontece até esta sexta (9) no Ginásio da Apae de São Luís

Mais de 200 mil itens novos e importados serão vendidos abaixo do preço e sem aglomerações.

Perfumes importados, cosméticos e eletrônicos também estarão à venda no Bazar Solidário (Foto: Divulgação)

Acontecerá até sexta-feira (9), no Ginásio da Apae de São Luís, no Anil, das 8h às 17h, a ação beneficente “Bazar Solidário 2021”, uma promoção conjunta da Apae de São Luís e da Associação Nossa Senhora de Loreto, entidade que atua na zona rural fomentando projetos de economia solidária.

As duas entidades foram beneficiadas pela Receita Federal para com a doação de mais de 200 mil produtos importados, novos e lacrados. E toda a renda arrecadada no evento será usada em projetos sociais das instituições. Oportunidade de adquirir produtos importados e a preços bem abaixo do valor de mercado.

Há diversos itens como eletrônicos, casacos, brinquedos, tapetes, peças automotivas, artigos de pesca, cosméticos e perfumes entre outros produtos. Quem quiser economizar e ainda garantir um presente especial de Dia das Mães deve aproveitar.

Os organizadores do evento lembram que é bom se adiantar e ir logo nos primeiros dias, para garantir as melhores compras, enquanto durar o estoque.

O engenheiro José Neto aproveitou para garimpar presentes para a família e gostou da qualidade dos itens e da organização. “Achei muito organizado. Agendei meu horário e me senti seguro por ser um local ventilado, com número limitado de pessoas, acesso somente com uso de máscara e itens de boa qualidade. Comprei brinquedos, maquiagens para a esposa, ferramentas e itens de vestuário”, disse ele, que foi logo no primeiro dia do evento.

Devido à pandemia da Covid-19, para evitar aglomerações e oferecer mais segurança aos visitantes, o acesso ao Bazar Solidário se dará somente com prévio agendamento on-line através do link: www.agendamento.zidanet. com.br. É cobrado o valor de R$ 10,00 como entrada por pessoa, e cada visitante tem até 30 minutos para as compras, respeitando os horários agendados.

Na entrada acontece a medição de temperatura e só podem entrar aqueles que estiverem com a temperatura ideal e sem sintomas gripais; além do uso obrigatório de máscara. O pagamento dos produtos pode ser feito à vista em espécie, cartão de crédito ou débito e transferências via PIX. Não é permitida a troca de mercadorias após a compra.

E, seguindo as determinações da Receita Federal, essas mercadorias não podem ser revendidas, apenas compradas por pessoas físicas; com apresentação do CPF no ato da compra; e com uma cota de no máximo dois mil reais por CPF.

O presidente da Apae de São Luís, Sebastião Vanderlaan Rolim, lembrou que além de uma oportunidade para economizar, a participação da comunidade irá ajudar as duas instituições beneficiadas. “Toda a renda que a APAE de São Luís arrecadar com essa ação será usada nas obras de ampliação da Escola Eney Santana. Só assim conseguiremos atender mais crianças; já que a demanda da comunidade está além da nossa capacidade atual. O projeto de ampliação contempla mais quatro novas salas de aula; área de vivência, piscina semiolímpica, brinquedoteca, sala de vida diária (AVDS), cozinha e refeitório, carpintaria, horticultura, sala de multimídia e anfiteatro para uso coletivo. Cintamos com o apoio de todos”, declarou.

A coordenadora geral da Associação Nossa Senhora de Loreto, Rubenice Costa Rodrigues, também declarou que a instituição irá utilizar os recursos para Implantação de espaços de leitura nas escolas e outros locais de desenvolvimento das ações do projeto, assim como a continuidade da construção do Centro Sociocultural da entidade.

Carregando