Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Rodoviários da Viação Planeta fazem paralisação em São José de Ribamar

A categoria alega que os funcionários estão com até sete meses de salários atrasados, entre outros benefícios que não estão sendo pagos.

Rodoviários da Viação Planeta reclamam de salários atrasados desde o ano de 2019 (Foto: Gilson Ferreira)

Os motoristas e cobradores da Viação Planeta, localizada na Avenida do Agricultor, na Cidade Olímpica, em São José de Ribamar, iniciaram uma paralisação na manhã dessa quinta-feira (22). A categoria alega que os funcionários estão com até sete meses de salários atrasados, entre outros benefícios que não estão sendo pagos.

Essa é a terceira paralisação de rodoviários, nos últimos dez dias, na região metropolitana de São Luís. As outras duas ocorreram na capital maranhense.

De acordo com funcionários da Planeta (antiga São Benedito), não houve pagamento de salário em novembro e dezembro de 2019; janeiro, fevereiro e março de 2020; e fevereiro, março e abril deste ano. Os trabalhadores disseram também que, quem teve férias no ano passado, não recebeu o salário-férias.

Conforme a categoria, além dos pagamentos atrasados, o auxílio-alimentação e o plano de saúde também não está sendo pagos.

Em nota divulgada à imprensa, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (Sttrema) informava que o órgão estava verificando os possíveis descumprimentos da Convenção Coletiva de Trabalho.

Ainda pela manhã, os motoristas e cobradores que trabalham na Planeta estiveram reunidos com os proprietários da empresa, para definir o posicionamento dos rodoviários em relação aos atrasos.

Há aproximadamente 80 pessoas trabalhando para Planeta, e os ônibus dela circulam tanto em São José de Ribamar quanto em São Luís, em bairros como Cidade Operária e Forquilha.

O funcionário da Planeta Joelton Santos, que participou da reunião, informou que a empresa alega “crise financeira”, para o não pagamento de salários. “O problema de atrasos salariais, na Planeta, é de muito antes da pandemia de Covid-19. É uma situação que se arrasta há anos”, informou o rodoviário.

O funcionário Antônio Rodrigues Costa, que também faz parte da direção do Sttrema, disse que está com sete meses de salários atrasados, acumulados desde 2019. “O dono da Planeta informou que até a próxima quinta-feira (29) iniciará o pagamento referente ao mês trabalhado de março, e que os demais meses pendentes ele pagará quando puder”, informou Antônio.

Segundo a categoria, a paralisação continuará até que, pelo menos, todos os salários atrasados de 2021 sejam repassados aos trabalhadores da Planeta.

OUTRAS PARALISAÇÕES  

Nos últimos dez dias, incluindo a Viação Planeta, três empresas do transporte público tiveram suas atividades paralisadas, devido a questões salariais. No dia 13 deste mês, os rodoviários da Viação Estrela iniciaram paralisação, que durou 48 horas, e foi encerrada após acordo. O motivo também foi valores salariais pendentes aos funcionários. A Viação Estrela está localizada no bairro Anjo da Guarda, em São Luís, e atende a região Itaqui-Bacanga e zona rural da capital maranhense.

Dois dias depois, na quinta-feira (15), os rodoviários da empresa Viação Aroeiras, instalada na Cidade Operária, também devido ao pagamento fracionado do salário, fizeram uma paralisação.

Carregando