Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Para que mãe lembre do filho morto por Covid-19, empresa irá produzir perfume fora de linha

A historia foi contada por Karyne, cunhada de Alexandre Terra, que morreu dia 4 de março em decorrência da Covid-19

A empresa de cosméticos e perfumes O Boticário recebeu um apelo em suas redes sociais para que voltasse a produzir um perfume que havia saído de linha.

Karyne Leão compartilhou nos comentários de uma publicação da marca a história de dona Wanda, que perdeu o filho Alexandre Terra, no dia 4 de março devido a complicações da Covid-19. Alexandre era casado e era pai de uma menina de 15 anos.

Na publicação, Karyne conta que, ao ver dona Wanda abraçada com um vidro de perfume vazio, se comoveu com a situação. Decidida a comprar algumas unidades novas, Karyne percebeu que o perfume havia saído de linha, então resolveu fazer o pedido a marca.

“É um apelo, volte a fabricar esse perfume, nem que seja uma edição limitada, preciso comprar o perfume pra essa mãe sentir o seu filho amado um pouco mais perto.”

Pedido de Karyne no post da O Boticário

“Fui lá na casa dela com uma missão que partiu o meu coração: levar os pertences do meu cunhado Alexandre Terra, que morreu dia 4 de março de covid-19, deixando minha irmã viúva e minha sobrinha de 15 anos órfã de pai. Ao chegar em sua casa amarela, florida, cheirosa, vi dona Wanda muito triste. Chorava segurando um vidro de perfume do O Boticário e esse vidro tinha menos que um dedinho de perfume… aquela cena mexeu comigo profundamente, pois é claro que a dor da partida do seu filho havia destroçado dona Wanda, é visível, aquele perfume era o tesouro pra ela. Perguntei a ela e me respondeu quase sem conseguir falar: ‘Esse perfume era o favorito do meu filho, eu só usava quando ele vinha me visitar, ele dizia que esse perfume tinha cheiro de mãe’. Ela abraçou o vidro e eu não contive as lágrimas.”

Após o pedido, Wanda teve uma surpresa: o fundador da marca, Miguel Krigsner, enviou uma carta para ela e contou que, com o apoio da equipe, algumas unidades da fragrância foram produzidas. Miguel ainda contou que o perfume Anette, foi criado em comemoração ao nascimento da filha.

Carta do fundador da marca, Miguel Krigsner, para dona Wanda

Karyne disse que os perfumes ainda vão chegar para Dona Wanda.

Carregando