Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Homem é preso após ir ao trabalho e à academia com Covid-19

O homem foi dois dias seguidos ao trabalho, mesmo com sintomas de Covid-19

Foto: Reprodução

Um homem de 40 anos foi preso em Mallorca, na Espanha, por seguir em trabalho presencial e frequentar uma academia após ter apresentado sintomas da Covid-19, como febre alta e tosse.

Segundo a polícia espanhola informou a jornais locais, o homem foi o responsável direto por outras 22 pessoas terem sido infectadas pelo novo coronavírus.

O homem detido, por dois dias seguidos, compareceu ao trabalho, mesmo com 40°C de febre e outros sintomas da Covid-19. Em um dos dias, ele ainda foi a uma academia de ginástica. O caso aconteceu em janeiro.

Em um dia daquele mês, o homem foi ao trabalho com febre e tosse. Segundo seus colegas, ele caminhou pelo prédio com a máscara no queixo. Ele teria tossido e dito: “Vou contagiar todos vocês com o coronavírus”.

No fim da jornada do primeiro dia com sintomas, ele foi fazer um exame de PCR, mas no dia seguinte, voltou ao trabalho e depois foi à academia.

No fim do segundo dia, o acusado testou positivo para a Covid-19. Os colegas foram fazer testes: cinco deles haviam sido contagiados – e acabaram também passando o vírus para seus familiares.

Na academia, foram três pessoas, mas que também contagiaram seus familiares.

No total, estima-se que 22 tenham se contagiado em decorrência, direta e indireta, da ação do homem: 8 em decorrência de ele ter ido ao trabalho, 14 por ele ter ido à academia.

Ele foi preso na sexta-feira (23), mas depois acabou solto para responder a uma ação criminal em liberdade.

Carregando