Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Aumentos nas contas de energia causam susto em consumidores de São Luís

Em um dos casos o valor cobrado foi três vezes maior do que a pessoa estava acostumada a pagar.

Contas de energia mostram variações crescentes de consumo, às quais os consumidores discordam dos valores (Foto: Reprodução)

Desde a semana passada, o Jornal Pequeno tem sido procurado por alguns consumidores de São Luís, que se dizem assustados e insatisfeitos com os valores cobrados em suas contas de energia elétrica. Entre essas pessoas, está a publicitária Danielle de Viveiros, moradora da Ponta d’Areia, que disse ter levado um verdadeiro susto ao receber a fatura referente ao mês de abril, com pagamento em maio.

Ela afirmou que o valor cobrado pela distribuidora Equatorial Energia é três vezes maior do que estava acostumada a pagar pelo serviço. Danielle Viveiros informou que, no mês passado, a sua residência ficou fechada por 15 dias, período em que ela e as demais pessoas que moram no imóvel fizeram uma viagem.

“Fiquei assustada ao constatar que o consumo da minha residência tinha sido três vezes mais alto que no mês anterior, mesmo o imóvel tendo ficado fechado por 15 dias. Ou seja, mesmo eu estando ausente por este período, o consumo foi três vezes superior ao do mês anterior”, afirmou Danielle.

Segundo a publicitária, o mesmo ocorreu com outros moradores do edifício onde ela mora. Danielle contou que dos 48 apartamentos, pelo menos em 30 houve aumento injustificado no consumo.

Conforme a publicitária, o consumo saiu de uma média de 700 kWh para 1.211 kWh, sem que houvesse nenhum consumo a mais.

Ainda de acordo com a consumidora Danielle, em outro apartamento do mesmo edifício, o consumo de março foi de 444kWh. Em abril, inesperadamente, o consumo saltou para 606kWh.

No bairro do São Francisco, segundo um profissional de educação física, que preferiu não se identificar, o consumo saiu de 399kWh, em março, para 513kWh, em abril.

De acordo o profissional de educação física, é “injustificado o aumento no consumo se não houve nada fora do normal nas rotinas diárias na residência”.

Ainda conforme as informações obtidas pela reportagem do JP, a mesma situação de valor elevado na conta de energia de abril (com vencimento em maio) ocorre numa residência vizinha à da publicitária Danielle, na qual mora uma senhora idosa, solteira, e que não teria tido alterações na sua rotina de consumo de eletricidade, mas que mesmo assim o consumo na fatura teria tido um pulo de 444 kWh para 606 kWh.

Como forma de comprovar os reajustes, os consumidores apresentaram ao JP alguns exemplos de contas, com variações de consumo, sendo que em abril o valor foi maior.

Em um dos exemplos, foram mostrados cinco valores de consumo referentes a cinco faturas, do mesmo imóvel: dezembro de 2020, 362 kWh; janeiro de 2021, 352 kWh; fevereiro de 2021, 370 kWh; março de 2021, 399 kWh; e, abril de 2021, 513 kWh.

Em outro exemplo, os valores são todos deste ano: janeiro, 377 kWh; fevereiro, 401 kWh; março, 444 kWh; e, abril, 606 kWh.

No último exemplo mostrado de contas com valores de consumo, de uma mesma residência, cujo abril sempre se destaca, está: janeiro, 829 kWh; fevereiro, 782 kWh; março, 765 kWh; abril, 1.211 kWh.

Esclarecimento da Equatorial Energia

Sobre a situação de aumento no consumo de energia relatada pelos moradores, a Equatorial informa que avaliou as contas contratos enviadas e identificou que os clientes tiveram uma variação de consumo compatível com meses anteriores de suas contas de energia. Vale destacar que, por determinação da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, houve cobrança da bandeira tarifária amarela no consumo de abril, o que significa cobrança extra de R$ 1,343 a para cada 100 kWh.

Essa mudança pode ter impactado no valor da fatura, além é claro dos hábitos de consumo de cada residência que mudam de acordo com o comportamento de cada um.

Já sobre o caso da Danielle, que relata 15 dias sem consumo de energia, é preciso que a cliente informe o período em que esteve fora de casa para que a Equatorial possa fazer a análise da leitura e conta da cliente.

Por fim, a Equatorial Maranhão esclarece que caso os clientes tenham dúvidas em relação a sua conta de energia e sobre o consumo do mês, podem solicitar atendimento por meio da Central 116 ou no site www.equatorialenergia.com.br.

Vale lembrar que o consumo é calculado de acordo com a leitura coletada no medidor e que na conta há toda a descrição do que foi consumido no mês, tributos que incidem na conta e todas as informações de faturamento.

Carregando