Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Para conter avanço da Covid-19, governo suspende visitas íntimas em presídios

A medida, a princípio, vale até o dia 24 de maio, quando ocorrerá nova avaliação do cenário da pandemia.

Visitas íntimas estão suspnsas nos presídios (Foto: Reprodução)

Como forma de conter o avanço da Covid-19 no Maranhão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) decidiu suspender as visitas íntimas nos presídios. A medida, a princípio, vale até o dia 24 de maio, quando ocorrerá nova avaliação do cenário da pandemia.

Atividades educacionais e religiosas seguem liberadas normalmente, conforme comunicado da Seap. Entrega de produtos externos aos internos poderão ser feitas por apenas um visitante cadastrado.

Servidores do grupo de risco permanecem afastados de suas funções, até o dia 24 de maio.

Confira a nota da Seap na íntegra

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) informa que devido o atual momento da pandemia, com indicadores crescentes em todo o país, inclusive com casos comprovados de nova variante, com potencial possivelmente mais elevado de transmissibilidade e, levando em consideração o Decreto Estadual nº 36.705 de 7 de maio de 2021, as visitas íntimas permanecem suspensas até o dia 24 de maio de 2021, quando haverá uma nova avaliação do boletim epidemiológico para então, a secretaria emitir uma nova instrução normativa sobre as visitas íntimas.

No entanto, está sendo permitido aos familiares a visita social, que proporciona ao interno e ao seu familiar a manutenção dos vínculos familiares.

Carregando