Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Baixada Maranhense será beneficiada com a ponte Central-Bequimão

A previsão é que os serviços sejam concluídos e entregue à população, até dezembro deste ano. 

Ponte Central-Bequimão (Foto: Carlinhos Pereira)

A construção da ponte Central-Bequimão, de acordo com o Governo do Maranhão, com ações na infraestrutura e na área social, em benefício de comunidades na região da Baixada Maranhense. Nessa sexta-feira (14), o vice-governador Carlos Brandão visitou o andamento das obras, apontada como sonho antigo da localidade e que vai impactar na mobilidade e economia de 10 municípios da região.

“É um sonho de mais de 50 anos. Vários governos passaram, vários prometeram e nós enfrentamos esse desafio e estamos concretizando esse sonho. Já idealizada anos atrás, pelo governador Antônio Dino, a ponte levará seu nome como uma homenagem. É uma obra de grande alcance técnico de engenharia, mas, o governador Flávio Dino, com muita determinação, decidiu realizar. Em um período de pandemia e dificuldades financeiras, o Governo do Maranhão segue com os serviços”, destaca.

Carlos Brandão visitou o canteiro de obras da ponte Central do Maranhão–Bequimão, que está em fase final. Construída sobre o rio Pericumã, a ponte histórica é aguardada por várias comunidades, conforme informou o vice. São 589 metros de extensão que irão beneficiar 10 municípios da Baixada, reduzindo em 78 km a distância dessas cidades ao Porto do Cujupe, melhorando a mobilidade, além de impactar na economia da região. Para os serviços, o Governo do Estado frisou que o investimento é de R$ 150 milhões em recursos próprios.

A construção da ponte vai beneficiar os municípios de Bequimão, Central do Maranhão, Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu. A Ponte sobre o Rio Pericumã terá estrutura mista, composta de concreto e aço, com vigas metálicas. Além de encurtar outros caminhos da Baixada, diminui em 32 km o trecho até a MA-106, que leva ao Cujupe. A previsão é que os serviços sejam concluídos e a ponte entregue à população, até dezembro deste ano.

Carregando