Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Portuários, ferroviários e aeroviários são vacinados contra Covid-19 em São Luís

Portuários, ferroviários e aeroviários começaram a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (21), em São Luís

(Foto: Divulgação)

Portuários, ferroviários e aeroviários começaram a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (21), em São Luís. Com isso, a Prefeitura avança com o Plano Municipal de Vacinação, garantindo a imunização de mais três públicos-alvo estabelecidos como prioritários pelo Ministério da Saúde.

Os trabalhadores do setor de transporte aéreo estão sendo vacinados no Centro Municipal de Vacinação (CMV), localizado no Pavilhão de Eventos do Multicenter Sebrae, no bairro Cohafuma. Para tomar a primeira dose do imunizante é preciso apresentar documento oficial com foto, último contracheque ou credencial aeroportuária.

Além disso, o nome do profissional tem que constar na lista encaminhada pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) à Secretaria Municipal de Saúde (Semus). A vacina está disponível para todas as faixas etárias desta categoria.

Portuários e ferroviários

Já no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) estão sendo vacinados portuários e ferroviários a partir dos 40 anos desde que estejam na lista encaminhada pela empresa Vale à Semus e apresentem documento oficial com foto e último contracheque.

Plano Municipal de Vacinação

A chamada dos portuários, ferroviários e aeroviários marca mais uma etapa do Plano Municipal de Vacinação contra Covid-19, lançado pelo prefeito Eduardo Braide em janeiro deste ano. O plano segue todas as diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e novos públicos-alvo vão sendo convocados à medida que novas doses de vacina são recebidas pela Semus.

Em quatro meses de campanha, a Prefeitura de São Luís já vacinou 323.244 mil pessoas (com a primeira ou segunda dose) até a quinta-feira, 20. A cidade é a segunda que mais vacina entre as capitais brasileiras, segundo dados do LocalizaSUS, do Ministério da Saúde.

Carregando