Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Gilson Ferreira, uma lente focada para o melhor ângulo da fotografia

Gilson Ferreira é fotógrafo do Jornal Pequeno

Gilson Ferreira e sua inseparável companheira, sempre em busca do melhor ângulo. (Foto: Lucas Ferreira)

“Captar o momento pelo melhor ângulo e transmitir a emoção, por meio da imagem, são duas coisas que não têm preço. A fotografia me fascinou e me fez ver o mundo através de uma lente, que se movimenta de acordo com a habilidade de quem a manuseia. Por isso, decidir fazer da arte de fotografar a minha profissão”.

Dessa forma, o fotógrafo Gilson Ferreira, do Jornal Pequeno, resumiu a fotografia em sua vida. Aos 47 anos de idade, comemorados na última quinta-feira (10), Gilson já realizou vários trabalhos para grandes empresas do Maranhão, como a Vale e Alumar; além de coberturas jornalísticas na área da política (eleição, posses de governadores, prefeitos, deputados e vereadores); na polícia (rebelião em Pedrinhas, crimes, prisões, acidentes) e em outras editorias, que refletem o cotidiano de São Luís e do Maranhão.

PROFISSIONAIS AMIGOS

Ao longo destes 19 anos como fotógrafo do Jornal Pequeno, Gilson trabalhou com excelentes profissionais como Wellington Rabello (redator do JP), July Camilo, Aidê Rocha, Luciene Vieira, Nelson Melo, Saulo Maclean, Aurélio Carvalho (repórteres do JP), que se transformaram em grandes amigos. Dentre outras amizades, vale destacar o Seu Reinaldo (motorista do JP), que se transformou no conselheiro e pai, nas horas mais difíceis. O trabalho no “Órgãos da Multidões” ainda proporcionou outras amizades, dentro da imprensa maranhense, que faltaria espaço para relacioná-las.

Gilson Ferreira chegou ao Jornal Pequeno por intermédio de outro fotógrafo, que é o seu “xará” Gilson Teixeira. No início, fazia apenas alguns serviços extras aos fins de semana. Dedicado e responsável com suas obrigações dentro da empresa, aos poucos foi conquistando espaço. Hoje, como fotógrafo oficial do JP, aos 47 anos de idade, 22 deles vividos na fotografia, Gilson acredita que vive seu melhor momento profissional.

DIFERENCIADO

O fotógrafo Gilson Ferreira se diferencia pela sua coragem e ousadia em buscar o melhor ângulo, mesmo que isso tenha que exigir um certo risco para sua integridade física. Muito criativo, Gilson já se colocou em situações difíceis na tentativa de fazer a melhor fotografia. Em cima de postes, de casarões, entre carros e no meio da multidão, agressões, ‘spray’ de pimenta, faça sol ou chuva, sempre com a máquina em punho, pronto para aplicar mais um ‘click’.

DE PAI PARA FILHO

A fotografia para Gilson tornou-se ainda mais fascinante quando seu filho Lucas Alexandre Ferreira, aos cinco anos de idade, começou a se interessar e dar seus primeiros ‘flashes’ no mundo fotográfico. Hoje, com 18 anos de idade, Lucas trabalha ao lado do seu pai, cobrindo casamentos, aniversários e outros eventos. Juntos formam uma equipe, que soma a experiência do pai com a juventude do filho, onde ambos se completam para desenvolver um trabalho de qualidade e, acima de tudo, com muito prazer.

Carregando