Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Saiba quais os sinais menos conhecidos da ansiedade

Preocupação excessiva e tensão interna costumam ser marcadores básicos na hora de identificar a ansiedade

Foto: Reprodução

Estudos mostram que a ansiedade possui alguns sinais característicos. Preocupação excessiva e tensão interna costumam ser marcadores básicos na hora de identificar a ansiedade.

Porém, estudos apontam que ela pode se manifestar de outras maneiras, o que muitas vezes faz com que o reconhecimento da ansiedade demore  ser percebida.

Veja abaixo alguns sinais que podem acender o alerta

Procrastinação
Muitos indivíduos com ansiedade são perfeccionistas. Se uma tarefa não sai como esperado, eles se frustram ou ficam irritados. “Essas pessoas têm uma necessidade de mostrar o melhor delas, de se autoafirmarem”, pontua a psicóloga Marilene Kehdi, especialista em atendimento clínico e pós-graduada em psicossomática e psicopatologia.

Justamente por desejarem controlar todo o processo e por não aceitarem qualquer erro, elas acabam evitando ou procrastinando certas atividades. “Se o ansioso não vai fazer algo perfeito, ele nem começa”, reforça Ana Paula. O problema é que adiar as tarefas diárias gera ainda mais ansiedade.

Uma opção eficiente para quebrar esse círculo vicioso é registrar as tarefas diárias em uma agenda. Tente, de maneira saudável, incorporar uma rotina organizada e mais tolerante com eventuais falhas.

Baixa autoestima
A cobrança exagerada sobre si mesmo é constante diante da ansiedade. Há inclusive uma dificuldade em acreditar nos elogios recebidos. Essa autossabotagem chega a ser confundida com a síndrome do impostor, caracterizada pela crença de que a maioria de suas realizações diárias não é boa o suficiente.

A recomendação é valorizar as próprias conquistas e trabalhar o perfeccionismo exagerado, com ajuda da psicoterapia.

Pessimismo
Pensamentos negativos tendem a tomar conta de pessoas com ansiedade. Um exemplo relacionado ao trabalho: quando demoram para receber uma resposta sobre determinada tarefa que realizaram, indivíduos mais ansiosos já começam a imaginar que o seu superior não gostou do resultado.

Uma saída para amenizar essa sensação é racionalizar situações como a descrita acima, contemplando outros cenários possíveis e menos pessimistas. Muitas vezes, o chefe só não teve tempo de responder por causa de outras demandas.

Falta de concentração
Preocupações excessivas e pessimistas sobre o futuro tiram a atenção do presente. Isso, além de gerar estresse, dificulta a assimilação de informações novas.

O apoio de profissionais ajuda a contornar a situação. Registrar os compromissos diários em uma agenda é outra boa estratégia, porque organiza o dia e permite ao indivíduo fazer uma atividade de cada vez. “Também realize práticas que reduzem o estresse”, diz Kehdi.

Sintomas físicos da ansiedade
● Falta de ar (respiração curta)
● Sudorese
● Tremor nas mãos e lábios
● Taquicardia
● Distúrbios do sono
● Dor e queimação no estômago

Carregando