Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Casal de lavradores é morto a tiros durante emboscada em Junco do Maranhão

O crime ocorreu em uma área considerada de intenso conflito agrário.

Maria da Luz e Reginaldo Alves foram mortos a tiros, durante uma emboscada, em Junco do Maranhão (Foto: Divulgação)

No início da tarde dessa sexta-feira (18), um casal de trabalhadores rurais foi assassinado a tiros, próximo à comunidade Vilela, no município de Junco do Maranhão, distante 263 km de São Luís, numa área considerada de intenso conflito agrário. As vítimas foram identificadas como Maria da Luz Benício de França e seu marido, Reginaldo Alves Barros, moradores do lugar onde ocorreu o crime.

De acordo com informações preliminares, o casal foi abordado em uma emboscada e assassinado a tiros. Reginaldo Alves, no momento do assassinato, segundo informações repassadas ao Jornal Pequeno, teve seus braços quebrados. A vítima Maria da Luz era suplente da direção do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município.

Após o homicídio, a filha de criação do casal, uma criança de 3 anos, ficou em cima do corpo da mãe durante horas. Esse seria o quarto assassinato na região de conflito, nos últimos dois anos.

Segundo informações, com o crime dessa sexta-feira, três homens e uma mulher foram assassinados na região. A Polícia Militar esteve no local para fazer os primeiros levantamentos. Os corpos foram levados ao hospital do município.

Desde 2010, conforme repassado ao JP, as famílias da comunidade Vilela pleiteiam a titulação da terra junto ao Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma). A Polícia Civil especializada vai investigar o caso com intuito de chegar à autoria do crime

Carregando