Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão alcança recorde com mais de 330 mil doses aplicadas em uma semana

A realização dos Arraiais da Vacinação contra a Covid-19, possibilitou a ampliação da cobertura vacinal em várias cidades

Público a partir de 50 anos que perdeu a 1ª dose da vacina contra a Covid pode se vacinar nesta sexta em São Luís (Foto: Ruy Barros)

O Maranhão continua avançando na campanha de imunização contra a Covid-19. Com os esforços conjuntos, o estado alcançou o recorde de 331.667 doses de vacinas aplicadas em uma semana. O número significativo resultou também de ações do Governo do Maranhão em parceria com os municípios, com estratégias como a realização dos Arraiais da Vacinação e a disponibilização de profissionais para auxiliar as cidades com menos de 50 mil habitantes na vacinação, além da agilidade na distribuição dos imunizantes aos municípios.

A realização dos Arraiais da Vacinação contra a Covid-19, mobilização realizada pelo Governo do Estado em parceria com os municípios, possibilitou a ampliação da cobertura vacinal contra a doença em várias cidades maranhenses. Até o momento, a ação já beneficiou moradores dos municípios da Ilha de São Luís, além das cidades de Timon, Morros, Alcântara, Açailândia, Santa Inês, Balsas, Tutóia, São João dos Patos, Imperatriz, Pinheiro, Caxias e Barreirinhas.

Para os municípios com menos de 50 mil habitantes, o Governo disponibilizou profissionais entre técnicos de enfermagem, digitadores e supervisores, que estão trabalhando auxiliando a aplicação e o registro das doses no sistema do Ministério da Saúde.

Além disso, a logística de distribuição dos imunizantes, realizada pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), possibilita a distribuição dos imunizantes em até 48h, após o envio realizado pelo Ministério da Saúde.

Para isso, a SES conta com a parceria do Centro Tático Aéreo (CTA), que faz o transporte das vacinas com o uso de helicópteros e avião, e da Polícia Militar, responsável pela segurança no deslocamento. Para o transporte das vacinas também são utilizadas vans refrigeradas.

Carregando