Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Suspeito de aplicar golpes em idosos é preso na Baixada Maranhense

Polícia apreendeu mais de 70 cartões bancários e senhas das vítimas em poder do indivíduo.

Cartões apreendidos na casa do suspeito (Foto: Divulgação)

Um indivíduo, identificado pelas iniciais U.E.M, foi preso nessa quarta-feira, 23, por suspeita de aplicar golpes em idosos na Baixada Maranhense. A prisão ocorreu após meses de investigações políciais da 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Pinheiro, que descobriu inúmeros crimes de estelionatos praticados pelo investigado.

De acordo com a polícia, U.E.M percorria os povoados das cidades da região se aprentando como agente autorizado para o fornecimento de empréstimos bancários, direcionados a aposentados e pensionistas. Ele se aproveitava da fragilidade e analfabetismo das vítimas para obter seus dados pessoais e cartões bancários.

De posse dos documentos, o suspeito realizava empréstimos em nomes das vítimas e, no mesmo momento, transferia para sua conta bancária, ou de terceiros, todos os valores que estavam disponíveis.

U.E.M ainda utilizava os dados pessoais dos idosos para abrir contas e realizar empréstimos em outros bancos, apoderando-se destes valores. O estelionatário também realizava em seus aparelhos celulares a instalação dos aplicativos das instituições financeiras das vítimas.

Foi identificado ainda, segundo a polícia, que U.E.M se servia de uma pessoa jurídica de sua propriedade para fornecer maior sensação de segurança as suas vítimas. A PJ tem sede nas cidades de Pinheiro, Santa Helena, Zé Doca e Pedro do Rosário.

Ao analisar o histórico criminal do suspeito, a polícia encontrou mais de 15 boletins de ocorrência em que ele é citado como autor de crimes da mesma natureza, e diversos deles cometidos na cidade de São Luís.

Após a coleta dos elementos informativos, foi representada ao Poder Judiciário pela prisão preventiva de U.E.M, além de busca e apreensão domiciliar e sequetro de todos seus bens e seus ativos financeiros.

U.E.M foi localizado e preso na cidade de Pedro do Rosário. No mesmo momento, foi dado cumprimento ao mandado de busca domiciliar na casa dele, localizada na cidade de Pinheiro, onde foram encontrados mais de 70 cartões e extratos bancários em nome de diversas pessoas. A polícia também descobriu inúmeras anotações contendo dados pessoais e bancários, inclusive com senha, de possíveis vítimas.

A polícia informou que as investigações continuarão para tentar localizar outras vítimas de U.E.M e identificar possíveis coautores dos crimes.

Carregando