Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mais dois trechos da MA-006 passam por restauração

O governo do Maranhão destaca que a ação completa a espera de décadas dos moradores e produtores rurais.

Serviços já começaram na MA-006, em Grajaú (Foto: Janaína Amorim)

Mais dois trechos da MA-006 passam por processo de restauração, de acordo com o Governo do Maranhão, que trabalha em quase 60 quilômetros de recuperação em dois segmentos, um entre Grajaú ao KM 40, sentido Formosa da Serra Negra e o outro entre Arame e Buriticupu. O lançamento das obras aconteceu nessa terça-feira (29), com a presença do secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, que representou o governador Flávio Dino.

O governo destaca que “a ação completa a espera de décadas dos moradores e produtores rurais, que sonhavam com melhores condições para circulação de pessoas e da produção”.

Conhecido na região, João Panela, lavrador, falou sobre a importância da obra até mesmo para a saúde dos moradores. “Vai acabar a poeira! Estávamos doentes de tanta poeira nessa estrada. Agora estamos realizando um sonho, e estou acreditando que ela vai ser feita”, disse o morador.

Clayton Noleto mencionou a importância dessas obras para combater a crise econômica nacional, com a geração de emprego e renda e anunciou que nos próximos dias começam serviços em outro trecho para finalizar o trecho entre Grajaú e Formosa.

A região entre Grajaú e Arame, interligada pela MA-006 em vários trechos, recebeu anteriormente um investimento do Governo em mais de 125 km de sua rota, proporcionando mais comodidade para os moradores, diminuindo o percurso em mais de uma hora.

Em Arame, já foi iniciada a recuperação de 19km do trecho até Buriticupu, considerado um importante corredor do transporte na região.

Obras na MA-006

Outro trecho importante da rodovia está entre Balsas e Tasso Fragoso, que recebe serviços de restauração, recapeamento, sinalização horizontal, vertical e melhorias nos dispositivos de drenagem, conforme informações do governo estadual. São 140 quilômetros de rodovia com melhores condições de trafegabilidade.

Os demais segmentos, de acordo com o Governo do Estado, estão inclusos no plano de conservação e manutenção de rodovias, que tem o intuito garantir a trafegabilidade durante todo ano com ações preventivas e de reparo a intercorrências em períodos críticos, “de forma rápida, garantindo o direito de ir e vir”, frisou a gestão estadual.

Carregando