Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ação Resgate chega à 14ª edição em São Luís com mais de 5 mil atendimentos

Atividade leva atendimentos à população e oportuniza tratamento a dependentes químicos que vivem em situação de rua.

A Ação Resgate atende à população em geral, mas a prioridade é dada aos dependentes químicos em situação de rua (Foto: Gilson Ferreira)

Nessa terça-feira (27), o governo do Estado, por meio do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD Estadual), em parceria com a Delegacia de Costumes, realizou, na região do Mercado Central, em São Luís, a 14ª edição do programa Ação Resgate, que leva atendimentos de saúde à população e oportuniza, ainda, o tratamento e alojamento a dependentes químicos que vivem em situação de rua. Somente no primeiro semestre de 2021, foram realizados mais de 5,2 mil atendimentos em diversas regiões da capital maranhense. Até o final do ano, pelo menos mais dez edições do programa devem ocorrer.

No ano passado, sete mil pessoas foram beneficiadas nas 18 edições promovidas. Durante a ação realizada ontem, que contou com uma equipe de saúde composta por farmacêutico, bioquímico, médico clínico, enfermeiro e técnico de enfermagem, foram ofertadostestes rápidos de HIV, sífilis, hepatite e Covid-19.

O diretor do CapsAD, médico Marcelo Costa, destacou, também, as oitenta doses de vacinação contra a gripe disponíveis para o público no local.“Estamos desde 2011 com essas atividades, sempre com esse público alvo. A ideia é melhorar a qualidade de vida dessas pessoas que se encontram nas ruas e garantir que elas sejam tratadas de forma digna, tendo um atendimento de saúde de forma acessível”, explicou Marcelo.

Segundo o delegado Joviano Furtado, da Delegacia de Costumes, é sempre feito um monitoramento para que os atendimentos possam ser levados aos locais que mais possuem dependentes químicos. “Os resultados têm sido bastante positivos. É uma nova oportunidade para recomeçar para quem sofre com o uso de drogas ou álcool. Conseguimos diminuir a concentração de pessoas em situação de rua e também garantir a saúde delas”, pontuou.

51° RESGATE EM 2021

Vivendo há mais de dez anos nas ruas de São Luís, Bahuan Sarcozi, de 30 anos, decidiu aceitar ajuda para tentar mudar de vida e vencer a dependência química. Com ele, o programa já conseguiu resgatar 51 pessoas em 2021.

“É um motivo de esperança para quem mora na rua e já está esquecido pela sociedade. Quero me ressocializar e ter uma segunda chance. Ninguém merece viver assim”, garantiu o jovem.

De acordo como Marcelo Costa, Bahuan passou por todos os testese será levado ao Caps para avaliação da psiquiátrica. Em seguida, ele ficará internado na unidade de acolhimento no bairro da Cohab, onde receberá todo o acompanhamento necessário.

Vale registrar que em 2020, 180 dependentes químicos foram retirados das ruas durante o programa.

Carregando