Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Corpo é achado em área de mangue no Aterro do Bacanga, em São Luís

Vítima era morador da Vila Embratel e estava preso até dezembro do ano passado.

Corpo foi achado em área de mangue no aterro do Bacanga (Foto: Arquivo)

O corpo de um homem, identificado como José Wellisson da Silva Verde, de 31 anos, conhecido como “Gordinho”, foi achado dentro do mangue, atrás do bar Porto da Gabi, no Aterro do Bacanga, região central de São Luís.

José Wellisson era morador da Vila Embratel e estava preso até dezembro do ano passado. Ele possuía quatro passagens pelo crime de roubo.

De acordo com o delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), que esteve no local, populares informaram que o homem passou mal enquanto fugia após cometer um assalto.

“Ele teria corrido junto com um comparsa, se sentido mal e teria falecido naquele local. O comparsa avisou a família, que foi procurá-lo no mangue e quando o encontrou acionou o IML e Icrim, via Ciops”, explicou.

Ainda conforme Felipe César, a polícia aguarda o resultado dos laudos do IML para ter certeza se houve um homicídio ou não.

Carregando