Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Saiba quais carros devem sair de linha em 2021

Cinco modelos poderão ser aposentados por causa das novas regras de emissões e baixas vendas

Em 2021 alguns modelos já foram “aposentados” por algumas montadoras, a exemplo do Ford EcoSport; Ka; Chevrolet Montana; Citroën C3; Toyota Etios; e Volkswagen Up! Porém, estes não devem ser os únicos.

Segundo o Mobiauto, cerca de cinco modelos deverão sair de linha até dezembro deste ano, seja pela preferência dos clientes, seja pelas novas regras de emissões de poluentes (Proconve L7) para 2022.

Carros que devem sair de linha em 2021

Fiat Uno

Esse nome remete ao modelo lançado por aqui em 1984 e que, desde então, só recebeu uma mudança profunda em 2010. Se chegou a ser o carro mais vendido do Brasil — inclusive, é o líder histórico dentro da própria marca e o vice de todos os tempos aqui —, agora, resta apenas uma versão no mercado. Mas, nos últimos anos, o Uno acabou focado em empresas, sinalizando um fim próximo.

Honda Fit

Honda Fit

É inegável a importância do Fit para a história do fabricante no país. Mas o segmento de monovolumes, no qual o modelo faz parte, tem perdido cada vez mais espaço para hatches e SUVs. Além disso, já está prevista a chegada de um substituto que será fabricado aqui — novo City hatch — que ocupará o mesmo espaço no mercado. Como resultado, o Honda de entrada já tem caído em vendas.

 

Toyota Prius

Toyota Prius azul

O primeiro híbrido da marca japonesa chegou ao mercado brasileiro em 2013. E, naquele momento, já tinha mais de uma década de história nos Estados Unidos. Desde então, perdeu espaço por aqui: a empresa lançou o Corolla eletrificado feito no Brasil — e com direito ao inédito motor flex, que pode ser abastecido com gasolina e etanol —, além do SUV Rav4. Com isso, o importado Prius perdeu espaço.

Volkswagen Fox

VW Fox Volkswagen

Esse modelo chegou às lojas como sucessor do Gol. Não deu certo. E assim o Fox precisou se reinventar: ganhou mais equipamentos de série, desenho alinhado aos veículos vendidos no mercado europeu e até motorização mais moderna. Se as vendas seguem com bom nível, a aposentadoria deverá ser decretada pelas mudanças nas normas de emissões e pela chegada de novas versões do Polo.

Volkswagen Voyage

VW Voyage Volkswagen

Outra opção que perdeu destaque dentro do próprio fabricante foi o sedã do Gol. Afinal, quase não teve mudanças significativas desde o lançamento, em 2008 — exceto por atualizações no desenho. E, além do motor desatualizado em relação à futura regra do Proconve L7, falta controle eletrônico de estabilidade, ambos já presentes no Virtus, que ocupa esse mesmo segmento (e é mais moderno).

Carregando