Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão investe R$ 6 milhões no Programa Agente Jovem Ambiental

Dois mil jovens, nos 217 municípios maranhenses, foram selecionados.

Cerimônia de admissão dos dois mil Agentes Jovens Ambientais foi realizada de forma híbrida (Foto: Gilson Ferreira)

Nessa segunda-feira (9), no Palácio dos Leões, foi realizada a cerimônia híbrida de admissão dos dois mil Agentes Jovens Ambientais (AJA), dos 217 municípios maranhenses. O evento foi transmitido ao vivo pelas redes sociais do governo do Estado. De acordo com o governador Flávio Dino, R$ 6 milhões serão investidos no programa.

O objetivo do AJA é promover a inclusão social e ambiental de jovens maranhenses, por meio do estímulo à participação em projetos socioambientais sustentáveis, visando contribuir para a preservação e conservação do meio ambiente. E, assim, estimular o protagonismo juvenil e o desenvolvimento de competências e habilidades que proporcionem a construção de uma cidadania ambiental, além de ampliar as oportunidades de geração de renda e melhoria da qualidade de vida.

“Os Agentes Jovens Ambientes não são apenas agentes dos governos municipais e estadual. São sobretudo agentes da sociedade. Por isso, eles têm o papel muito especial de liderar em suas comunidades”, frisou o governador Flávio Dino, durante a cerimônia.

A cerimônia teve a participação do governador Flávio Dino e, simbolicamente, de dez jovens selecionados para o programa da região metropolitana de São Luís (quatro de São Luís, dois de São José Ribamar, dois de Paço do Lumiar e dois de Raposa). Os classificados de outros municípios do Maranhão foram contactados pelas prefeituras municipais para a assinatura do Termo.

O AJA é executado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), sob coordenação técnica da Escola Ambiental do Estado do Maranhão, e selecionou dois mil jovens, entre 16 e 21 anos, para atuação em projetos socioambientais sustentáveis.

Cada agente receberá uma bolsa de R$ 250, por um ano. A verba será para incentivar e promover o protagonismo juvenil na atuação da preservação do meio ambiente. São jovens matriculados ou que concluíram concluído o ensino médio em escola pública do Maranhão.

Carregando