Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Com 60% das obras concluídas, Hospital da Ilha contará com ala de queimados

Erguido no bairro do Turu, a unidade vai atender demandas de urgência e emergência da Região Metropolitana de São Luís.

Secretários Carlos Lula e Clayton Noleto acompanharam a execução das obras do novo Hospital da Ilha. (Foto: Márcio Sampaio)

Com 60% dos serviços concluídos, o Hospital da Ilha, depois de entregue, será a mais nova referência para demandas de urgência e emergência da Região Metropolitana de São Luís. Um dos principais serviços a serem ofertados será a Unidade de Tratamento de Queimados, com assistência especializada de curativos, cirurgia plástica (estomoterapia – tratamento de feridas), além de atendimentos multidisciplinares em fisioterapia, fonoaudiologia, farmácia clínica e psicologia.

De acordo com o Governo do Maranhão, encontram-se em estágio avançado a construção do Térreo do Bloco A, com instalação das redes hidráulica e elétrica, rede de incêndio e estruturação das paredes. Na cobertura do Bloco B, já foi finalizada a colocação das telhas, bem como a instalação de água quente e fria, contrapiso e estruturas metálicas da marquise.

“Avançamos em mais uma etapa de construção, neste que será o maior e mais moderno hospital de urgência e emergência do nosso estado. Visitamos os principais setores concluídos, ala de queimados, inédito no estado; UTIs e enfermarias. Esperamos entregar a primeira parte da obra ainda este ano, a fim de garantir à população um SUS que dá certo e justo para todos”, disse o secretário Carlos Lula, durante a visita ao Hospital da Ilha, em São Luís.

No Bloco C, foram colocadas as paredes de drywall, gases medicinais e porta corta-fogo. Nos Blocos D, E e F, estão em andamento a colocação de portas, revestimento cerâmico e radiológico, emassamento das portas, execução de gás de cozinha e instalação de difusor, conforme informações da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), que está executando as obras.

Erguido no bairro do Turu, paralelo à Avenida São Luís Rei de França, o hospital vai atender demandas de urgência e emergência da Região Metropolitana de São Luís e entorno. Com área construída de 32 mil m², em um total de 62 mil m², o Hospital da Ilha possui nove centros cirúrgicos, UTIs, laboratórios, setor de hemodiálise, tomografia, oito elevadores, além de auditório, amplo estacionamento e um heliporto.

Depois de pronto, a nova estrutura hospitalar contará com cerca de mil profissionais atuando nas especialidades em emergência, intensivista, cirurgia geral, gastroenterologia, urologia, neurocirurgia, ortopedia, cardiologia, vascular, odontologia, oftalmologia, bucomaxilofacial, cirurgião cabeça e pescoço e cirurgia pediátrica, frisou a gestão estadual.

Carregando