Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sertões: Fábio e João Afro completam etapa que chegou a Araripina/PE

Nesta segunda-feira (16) segue para São Raimundo Nonato/PI

Desafio desta segunda-feira é encarar uma Especial de 220km que chega ao Piauí (Ricardo Leizer/Fotop)

Após percorrer de Patos/PB até Araripina/PE, em meio a muitas pedras, cascalho e piçarra, a dupla da Cadasso Racing, Fábio Cadasso e João Afro #342, completou na 4ª posição na categoria Pró Brasil (5h18min05s), na 2ª etapa do Sertões. Com o resultado estão em 4º na acumulado. Entre os desafios de domingo, a quebra da caixa de direção fez com que o piloto mostrasse técnica e habilidade durante a dura Especial (trecho cronometrado). “O motor do carro (que esquentou na 1ª etapa) veio bem, mas após apenas 2 km de prova quebrou a caixa de direção e, então, eu vim trazendo o carro no braço. Fiz o rali todo – 250 km de Especial e mais 250 km de asfalto (deslocamentos) – sem um ‘pingo’ de direção hidráulica”, conta o maranhense.

Único piloto da história do Sertões a competir em todas as modalidades – motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões -, Cadasso diz que “a vontade era tão grande de completar a Especial e de chegar, que veio uma força enorme e consegui pilotar naquelas condições. Nós andamos bem, mas podíamos ter andado muito mais mesmo. Isso é Sertões, estou feliz”. O navegador João Afro completa: “Eu nunca mais na vida digo que sou piloto, depois que presenciei o que Fabio fez hoje.”

Cadasso e Afro destacam que a 29ª edição no maior rali das Américas pode ser uma das mais difíceis da história da prova. A dupla é a única representante do estado do Maranhão no grid dos carros (total de 35 inscritos) e competem com uma Range Rover Evoque, que passou por uma minuciosa revisão durante a noite para largar para 3ª etapa. Nesta segunda-feira a Especial (de 220 km) promete ser a mais completa dessa edição e, também, a mais bela, que começa com trechos sinuosos e estreitos de média e baixa velocidade com muitas erosões e pedras e bem travada. A trajeto total terá 451 km, de Araripina/PE até o Parque de Exposições São Raimundo Nonato/PI.

Resultado 2ª etapa – Sertões

Categoria Pró Brasil
1) #341 – Vilson Thomas e Rafael Pereira – 4h24m55s
2) #371 – Cristiano Rocha e Roberto Spessatto – 4h25m40s
3) #340 – Wagner Roncon e Joseane Koerich – 4h27m23s
4) #342 – Fabio Cassado e João Afro – 5h18m5s
5) #350 – Bartolomeu Nunes e Joel Kravtchenko – 6h37m00s

Carregando