Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Fim de semana registra quatro homicídios na Grande São Luís

Todas as vítimas são do sexo masculino, três foram mortas a tiros e uma com golpes de faca.

Foto: Reprodução

SÃO LUÍS – Final de semana foi marcado pelo registro de quatro homicídios na região metropolitana de São Luís, entre a noite de sexta-feira (13) e a manhã de domingo (15). Todas as vítimas são do sexo masculino, três foram mortas a tiros e uma com golpes de faca, crime ocorrido no estacionamento de um bar, no bairro do Calhau.

O primeiro homicídio foi registrado por volta das 21h20 de sexta-feira (13), tendo como vítima o flanelinha Márcio Diego dos Santos Silva, de 33 anos. Ele foi morto por outro flanelinha, conhecido somente como “Magão”, com quem teria tido uma discussão devido às vagas para estacionamento de veículos.

Golpeado, Márcio ainda correu para tentar buscar abrigo dentro do bar, mas morreu na calçada.

Por volta de 4h30 do sábado (14), na Avenida Uruguai, no bairro da Divineia, foi registrado o segundo homicídio do final de semana. A vítima foi Silas Pereira de Sousa, de 35 anos, morto com um tiro nas costas, efetuados por desconhecidos, que estavam em um veículo prata.

O terceiro assassinato aconteceu no domingo (15), logo após a meia-noite, no município de São José de Ribamar. A vítima foi identificada como Antônio Carlos Veras Oliveira, de 30 anos. Ele morreu no Hospital Maternidade de Ribamar, depois de ter sido atingido por dois tiros, efetuados por um desconhecido. A morte dele foi registrada por volta das 3h20.

ACHADO DE CADÁVER

Na manhã de domingo (15), por volta das 7h40, houve o registro do quarto homicídio, na Rua São Raimundo, no bairro do Cruzeiro de Santa Bárbara – zona rural de São Luís. Por lá, moradores acharam o corpo de Ítalo Gabriel dos Reis de Souza, de 24 anos, morador da Vila Vitória.

Populares contaram à Polícia Militar que ouviram sons de tiros, por volta de 5h30, e horas depois localizaram o cadáver de Ítalo, mas não souberam relatar qual seria a motivação nem os autores do crime. A vítima foi atingida com vários disparos na região do pescoço.

Carregando