Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sobrado em São Luís abrigará nova sede de Secretaria

A execução do projeto de restauração é feita em parceria com a empresa Vale.

Obra gerou cerca de 60 empregos formais e informais (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – O casarão 476 da Rua do Giz, típico sobrado colonial do século XVIII, está sendo revitalizado para abrigar a nova sede da Secretaria de Estado Extraordinária da Igualdade Racial (SEIR). A execução do projeto de restauração é feita em parceria com a empresa Vale.

De acordo com o secretário da Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, a destinação do casarão para nova sede da SEIR surge em um momento em que o Governo do Estado articula a ampliação das políticas de promoção da igualdade racial e ações afirmativas.

“É um momento de muita alegria. Por meio dessa parceria com a Secid, esse novo espaço vai atender e garantir, ainda mais, a efetivação das políticas públicas que assegurem os direitos da população negra e dos povos e comunidades tradicionais”, celebrou o secretário.

Para Sebastião Cardoso Júnior, assessor de matriz africana da SEIR, o sobrado será um espaço para diálogo e construção das políticas públicas junto à comunidade. “As entidades que lutam com a gente pela garantia dos seus direitos terão agora mais um lugar para alcançar o seu objetivo: uma sociedade mais democrática”, destacou.

Revitalização do sobrado

Os trabalhos no sobrado 476 da Rua do Giz incluem a fundação do prédio e a limpeza para dar início à instalação da estrutura metálica da cobertura. As paredes de pedra e de blocos estão sendo recuperadas com técnicas de reboco, de acordo com o Governo do maranhão. O imóvel está recebendo, ainda, serviços para garantir condições de segurança, conforto e acessibilidade.

Todos esses serviços são executados para dar uso ao prédio sem deixar de preservar seu valor histórico, que possui forte influência da colonização portuguesa.

Ao todo, estão sendo investidos mais de R$ 2,8 milhões. A obra gerou cerca de 60 empregos formais e informais, conforme a gestão estadual. A entrega está prevista para setembro deste ano.

História do casarão

Destinado ao uso comercial, o casarão 476 da Rua do Giz é um típico sobrado colonial do século XVIII, cuja importância histórica ocorre por marcar o início da urbanização da cidade de São Luís.

O sobrado, com características predominantemente da arquitetura portuguesa, foi um importante empreendimento da cidade, permitido pela sua estrutura física e localização em um dos espaços mais conhecidos para o comércio de mercadorias de luxo.

O casarão 476  compõe o Conjunto Arquitetônico e Paisagístico de São Luís, cenário de um dos primeiros momentos da ocupação portuguesa na capital maranhense, que recebeu, em 1997, da Unesco, o título de Patrimônio Cultural da Humanidade.

A atribuição é referente ao conjunto arquitetônico e azulejaria presentes na rua que, até os dias atuais, guarda a história da colonização portuguesa no Maranhão.

Polo da Igualdade Racial

Além da nova sede, a SEIR também será contemplada com a construção da Praça da Liberdade, onde hoje se encontra o canteiro de obra do casarão, integrado com o Cafua das Mercês. O conjunto arquitetônico e urbanístico formará, no Centro Histórico, um importante marco para a luta por igualdade racial.

Carregando