Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia prende suspeito de matar professor em festa no interior do Maranhão

Indivíduo disse em depoimento que o tiro foi acidental, hipotese rechaçada pela investigação.

Professor Romário Pinto Machado foi assassinado com tiro no peito (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil do Maranhão prendeu, nessa quarta-feira (25), o suspeito de ter matado o professor Romário Pinto Machado, em uma festa, na cidade de Coelho Neto, distante 371 km de São Luís, na madrugada de segunda-feira (23).

De acordo com informações do delegado Márcio Mendes, a vítima teria chamado uma mulher para dançar, e ela recusou. Logo depois, o suspeito se aproximou de Romário e teve início uma discussão.

Em depoimento na delegacia, o preso, identificado apenas como André, afirmou que o professor estava “dando em cima da mulher dele” e por isso ocorreu a discussão entre os dois.

Segundo o delegado, André alegou que o tiro dado acidentalmente. Entretanto, essa versão foi rechaçada pela polícia. “Todas as testemunhas ouvidas afirmam que o autor se aproximou e atirou”, explicou Mendes.

André foi capturado no povoado Pindaré, zona rural de Coelho Neto, escondido em uma casa próximo à de seu pai. Além de autuado pelo homicídio do professor, foi cumprido um mandado de prisão contra ele pelo crime de roubo.

Carregando