Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mulher é estuprada e morta por estrangulamento no Maranhão

Suspeitos do crime foram conduzidos à delegacia, ainda na tarde de ontem, em Santa Helena.

Foto: Ilustração

SANTA HELENA – Na manhã dessa quarta-feira (1º), uma mulher, identificada como Cleia Conceição de Oliveira, de 41 anos, foi vítima de feminicídio, na cidade de Santa Helena – na Baixada Maranhense. Ela foi estrangulada e estuprada, segundo as apurações da Polícia Civil. O corpo foi encontrado jogado em uma área de mato, no bairro Campo Morada Nova.

Um mototaxista acionou a polícia, após passar pela área e ver a vítima, que estava sem roupas e com hematomas no pescoço.

Quando chegaram ao local, os investigadores da Polícia Civil realizaram os primeiros levantamentos do crime e, depois de exames, confirmou que a mulher havia sido estrangulada, além de abusada sexualmente.

Familiares relataram que viam a vítima desde a tarde de terça-feira (31). Ela era moradora do bairro Vila São Pedro, no município de Turilândia.

Segundo informações do delegado Alan Delta, titular de Santa Helena, responsável pelas investigações do caso, suspeitos do crime estavam sendo interrogados, durante a tarde de ontem.

Com mais esse feminicídio registrado em Santa Helena, sobe para 33 o número de crimes dessa natureza, somente em 2021, no Maranhão. O último ocorreu no bairro Jardim Tropical, em São José de Ribamar, dia 23 de agosto. Na ocasião, Ederlene Ayres Lima, de 36 anos, foi assassinada a facadas na frente da própria filha, uma menina de cinco anos. O caso ocorreu dentro da residência dela, e foi cometido pelo próprio companheiro, identificado como Márcio Denis Ferreira Marques, de 40 anos, que continua foragido.

Carregando