Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Técnica de enfermagem denuncia cantor por agressões

A jovem publicou uma imagem mostrando hematomas nas costas, causados por suposta violência do ex-namorado.

Técnica de enfermagem denuncia e expõe agressões de cantor em Teresina (Foto: Reprodução/ Instagram)

A técnica de enfermagem Juliana Aguiar expôs em suas redes sociais, na madrugada dessa quarta-feira (01°), agressões que teria sofrido do seu ex-namorado, Dhaklan Eduardo, vocalista de uma banda de pagode de Teresina. O caso gerou bastante revolta nas redes sociais.

Juliana Aguiar expôs prints de uma conversa com o ex-companheiro, em que ele nega a acusação, alegando que ela mesma teria se machucado. Além disso, a técnica publicou uma imagem mostrando hematomas nas costas que teria sido em decorrência das agressões e que Dhaklan Eduardo teria a ‘arrastado pela casa toda’.

“Não vou deixar passar. Nenhum homem tem o direito de triscar em uma mulher. Eu já perdoei uma vez. Dessa vez não vou perdoar mais! Ainda tem coragem de me mandar mensagem falando que eu fiz algo comigo. O que explica isso nas minhas costas?”, escreveu a jovem em uma série de Stories.

Juliana Aguiar registrou um boletim de ocorrência na Central de Flagrantes de Teresina e foi submetida ao  exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML).

“Já fiz tudo que tinha de ser feito e eu não queria expor essa situação tão triste que estou vivendo. Mas eu cansei de ser chamada de louca e sempre sair de culpada dessa história. Estou sofrendo com dores físicas e mentais e espero que tudo seja resolvido.Que a justiça seja feita”, completou.

Após a repercussão, Dhaklan Eduardo se pronunciou em sua conta oficial no Instagram, informando que já contratou advogados para tomar as medidas cabíveis. “Já contratei advogados para tomar as medidas cabíveis para elucidar os fatos que estão me acusando e provar minha inocência. Para justiça de Deus nunca falha”, disse.

A banda em que Dhaklan é integrante também se posicionou através de nota e informou que já está tratando do caso diretamente com o vocalista. “Já tomamos conhecimentos dos fatos e tomaremos as providências. Queremos deixar claro que repudiamos todo e qualquer tipo de violência, principalmente contra mulheres, as quais temos como maioria em nossos shows e as tratamos sempre com muito respeito”, diz trecho do comunicado.

Carregando