Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cantor de banda de forró é executado a tiro

Vítima sofreu emboscada após realizar um show em uma casa de eventos.

Cantor foi brutalmente executado ao sair de casa de show (Foto: Reprodução)

Na madrugada desta quinta-feira (9) o cantor Romário de Jesus, conhecido como ‘Bruxo’ da banda Forró de Respeito, levou oito tiros após sair da casa de eventos Tenda Hall, localizada na Avenida do Turismo, no bairro Tarumã, na zona oeste de Manaus. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital 28 de agosto.

Bruxo chegou a fazer um show, com a sua banda, na casa de eventos e foi bastante homenageado no palco, pois estava comemorando seu aniversário de 27 anos. Tudo ocorria bem, até que ele saiu do local e foi perseguido por criminosos, que o atacaram em um trecho da rua Natividade, no bairro Redenção, na zona oeste da capital amazonense.

O carro do cantor recebeu pelo menos 18 tiros, e ele foi atingido com oito disparos, sendo a maioria na região da cabeça, tórax, costas e pernas. A vítima foi socorrido para o Hospital e Pronto-socorro 28 de agosto, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

Suposto envolvimento de facção

Após a confirmação da morte do cantor Romário de Jesus, conhecido também como ‘Bruxo’ da banda Forró de Respeito e também como Romarinho Mec, membros da facção Cartel do Norte (CDN) publicaram em suas redes sociais uma nota de comemoração. Supostamente, a CDN teria envolvimento com o assassinato do artista.

Vale ressaltar que ainda na manhã desta quinta-feira (09) circulou um vídeo em que o ‘Bruxo’ aparece cantando uma música supostamente da facção rival da CDN. “Tu vai tomar, tu vai, tu vai tomar, vai tomar pau. Brota aqui na penha, na tropa de Manaus… É a tropa de Manaus”, canta Romário no vídeo, que não tem data de gravação informada.

Carregando