Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

PRF registra quatro mortes durante a Operação Independência

No total, foram contabilizados 27 acidentes e 41 pessoas ficaram feridas.

Entre os acidentes registrados no feriadão, está um que ocorreu em Santa Inês, que deixou uma pessoa morta e seis feridas (Foto: Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o resultado da Operação Independência 2021, realizada entre os dias 3 e 8 de setembro. No Maranhão, foram registrados 27 acidentes, sendo que houve 41 feridos e quatro mortos.

A operação teve o intuito de garantir a segurança viária no período de maior fluxo de veículos, com reforço do policiamento nas rodovias federais do Maranhão.

De acordo com o inspetor Antônio Noberto, a Operação Independência 2020 registrou número igual de óbitos, ou seja, quatro pessoas perderam a vida em acidentes nas rodovias federais que passam pelo estado.

Na sexta-feira (3), por volta das 16h, uma pessoa morreu no km 503 da BR-222/MA, em um acidente envolvendo os veículos M.Benz/L 1113 e Honda/NXR150 Bros ES. Já por volta das 20h10 de domingo (5), no km 3 da BR135/MA, no Funil, em São Luís, ocorreu um acidente tipo colisão traseira, que deixou três feridos graves e três leves. Um dos veículos envolvidos foi um GM/Corsa Sedan de placa do município de São José de Ribamar/MA.

Por volta de meio dia e dez de domingo (5), no km 558 da BR-316/MA, em Caxias, no leste do Maranhão, ocorreu uma colisão com objeto fixo, que deixou um ferido grave. O veículo envolvido foi uma motocicleta Honda/CG 150 Fan Esi, de Caxias.

Na segunda-feira (6), no km 267 da BR-316, em Santa Inês, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um veículo Fiat Uno, de cor cinza, com três ocupantes, seguia sentido Santa Inês para Bela Vista do Maranhão, quando tentou ultrapassagem e colidiu frontal com um GM/ Classic branco, que seguia no sentido oposto.

No Classic, viajavam quatro pessoas. Entre elas, um idoso de 60 anos que morreu no local. Ele foi lançado para fora do veículo no momento da colisão e ficou imóvel na pista. Outras pessoas que ocupavam o Classic ficaram feridas, sendo uma delas o motorista, que ficou bastante ferido e preso nas ferragens. Ele foi retirado com vida e levado ao hospital junto com os outros dois feridos que ocupavam o carro.

Já o condutor do Fiat/Uno, de 24 anos, foi diagnosticado com politraumatismo, lesão no tórax e na coluna. No momento do exame médico, ele não sentia as pernas.

Na terça-feira (8), uma mulher identificada como Dalylla Barros Rosa, de 26 anos, morreu em um grave acidente na BR-010, sentido Itinga a Açailândia. De acordo com informações, a vítima, que era enfermeira, estava voltando de uma viagem com o marido, a sogra e as duas filhas, quando uma carreta invadiu a contramão.

O motorista ainda desviou da carreta, mas o pneu do carro furou e o veículo foi jogado para fora da pista. Dalylla chegou a ser levada para o hospital em Açailândia, mas não resistiu aos ferimentos. A filha do casal de oito meses teve ferimentos graves e estaria internada em uma UTI do Hospital de Imperatriz.

Dalylla era servidora do município de Imperatriz e trabalhava no setor de Divisão de Saúde da Mulher. Em nota, a prefeitura lamentou a morte da enfermeira e se solidarizou com familiares e amigos.

Carregando