Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio fica no empate com o Operário no Castelão

A equipe Tricolor teve a chance de vencer o confronto, com a marcação de um pênalti no segundo tempo, mas Nadson cobrou para fora.

Tricolor pressionou o Operário,mas partida ficou no 0x0 (Foto: John Tavares)

SÃO LUÍS – Nada de gols no Castelão. Sampaio Corrêa e Operário-PR ficaram no 0x0, em partida disputada na tarde deste sábado, válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A equipe Tricolor teve a chance de vencer o confronto, com a marcação de um pênalti no segundo tempo, mas Nadson cobrou para fora. A Bolívia pressionou até o fim, sem conseguir superar a defesa adversária.

O JOGO

O primeiro lande de ataque foi do Operário, que escapou em velocidade pelo lado esquerdo, mas a defesa Tricolor afastou e saiu em contra-ataque com Pimentinha, que resultou em escanteio.

O Sampaio marcava com a linha alta, e logo descolou outra jogada ofensiva com Pimentinha, que limpou a jogada e testou o goleiro em chute rasteiro, defendido para escanteio.

A jogada mais perigosa do Operário aconteceu aos 25 minutos, com cruzamento para dentro da área, mas a cabeçada foi pela linha de fundo. Passou perto.

O jogo de muita marcação não permitiu a criação de mais jogadas de ataque, e o primeiro tempo chegou ao fim sem movimentação no marcador.

A equipe do Operário incomodou no início da etapa final com uma sequência de escanteios, mas sem surtir efeito.

Em jogada recuada dentro da grande área, Diego Cardoso pressionou o goleiro do Operário e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Nadson bateu para fora.

A partida ficou equilibrada, com muita marcação, e poucas chances criadas. O Operário tentou com um chute forte da entrada da área, mas Luiz Daniel espalmou.

Na reta final do confronto, o Sampaio investiu em uma pressão para tentar vencer o jogo. Gui Campana e Roney experimentaram de fora da área, mas as finalizações foram para fora.

Pimentinha arriscou jogadas individuais dentro da área, foi derrubado, reclamou de pênalti, e a arbitragem mandou o jogo seguir.

Apesar de muito insistir, a equipe Tricolor não conseguiu furar a retranca adversária, e o 0x0 ficou estabelecido no placar até o apito final.

O Sampaio Corrêa volta a campo na próxima sexta-feira, em duelo no Batistão contra o Confiança, válido pela 24ª rodada.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Watson, Joécio©, Éder Lima e Mascarenhas (Zé Mário); Ferreira, Eloir (Márcio Araújo) e Nadson (Gui Campana); Jean Silva (Roney), Pimentinha e Jackson (Diego Cardoso).

Carregando