Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Imóvel onde residem 18 famílias passará por reformas em São Luís

Serão executados serviços na cobertura, nas redes de drenagem, esgoto, além de pintura. 

18 famílias em situação de vulnerabilidade residem no local (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – O prefeito Eduardo Braide assinou, nessa quarta-feira (15), ordem de serviço no valor de R$ 236.113,28 para reforma emergencial do imóvel de nº 107, localizado na escadaria da Rua Humberto de Campos, no Centro Histórico. O imóvel é uma habitação de Interesse Social, onde residem 18 famílias em situação de vulnerabilidade. Durante a obra, que será coordenada pela Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (FUMPH), serão executados serviços na cobertura, nas redes de drenagem, esgoto, além de pintura.

O imóvel possui três pavimentos, incluindo o térreo – onde os serviços para melhoria das condições de habitação estarão concentrados. A obra vai iniciar já na próxima semana, de acordo com a Prefeitura. Para isso, as seis famílias moradoras das unidades térreas contarão, durante igual período da obra, com o benefício do Aluguel Social providenciado pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), uma vez que elas precisarão desocupar os apartamentos em que residem para que a obra possa ser executada.

O problema estrutural a ser resolvido com a assinatura da ordem de serviço está comprometendo, também, os prédios vizinhos, inclusive de sua principal paralela, a Rua do Giz. Trata-se de um processo de infiltração envolvendo as redes de drenagem e esgoto, problema que deverá ser solucionado com a obra, que vai contar, ainda, com a pintura de toda a fachada e da área de circulação do piso térreo, o principal prejudicado pela vazamento nas instalações localizadas no subsolo do prédio.

Carregando